DICAS. ECONOMIA NA TAXA DE CONDOMÍNIO 14/01/2015

Quando o menos é mais

notícia 0 comentários
CAMILA DE ALMEIDA/ESPECIAL PARA O POVO
GASTO. Raphael Mota é sócio-diretor na Gestart. Ele estima que o maior gasto condominial seja com pessoal
Compartilhar


É possível baratear a taxa condominial seguindo algumas dicas simples com a ajuda de todos os condôminos. Para isso, deve-se ter noção dos custos de um condomínio. Despesas com pessoal representam em média 50%, gastos com concessionárias (água e luz) dão em média 20% e manutenção 15%, conforme estima o sócio-diretor do Grupo Gestart - soluções para condomínios, Raphael Mota.


Na economia com pessoal, deve-se ter um quadro ajustado às reais necessidades do espaço, com funcionários com atribuições bem definidas. A rotatividade dos empregados deve ser evitada, pois há custos para efetivar demissões e contratações. “Em condomínios horizontais esse percentual (50%) tende a ser bem maior”, enfatiza Mota.

 

Se os condôminos investirem em uma manutenção preventiva haverá redução de gastos, pois, diz Mota, ela é em média 50% mais barata que a corretiva. “É importante procurar fornecedores com referências para não pagar pelo mesmo serviço duas vezes”, indica. E se os ambientes forem sempre limpos, não vai ser necessária a compra de tantos materiais de limpeza, diz Ismael Rodrigues, consultor técnico da Esquadra, administradora de condomínios.

 

Para economizar em energia, o uso de lâmpadas LED e bombas com baixo custo de consumo podem ajudar. Também pode-se instalar sensores de presença na iluminação do condomínio e investir em sistemas inteligentes de chamado de elevador. Gerar a própria energia também diminui a taxa condominial.


Com água deve-se ter controle diário para identificar vazamentos. Equipamentos que reduzam a pressão na saída de água trazem economia. Mota acrescenta que a conscientização dos condôminos deve caminhar junto de cada uma das ações.


Alternativas

Há também soluções alternativas. “Pode-se economizar porque a Coelce (Companhia Energética do Ceará) tem um programa (Ecoelce) em que você fornece o lixo separado e economiza na energia”, diz Rodrigues.

 

A empresa Apsa, que opera condomínios, lembra que publicidade pode ser explorada. Os condomínios podem pensar em abrir espaços dentro das áreas comuns para anúncios.


“Quando há engajamento é possível até organizar bazares de venda de produtos. Ou também fazer eventos com patrocinadores”, indica a empresa. O condomínio também pode contratar empresas, em caso de inadimplências, que compram a dívida ou fazem garantia de receita. Elas arcam com as despesas do condomínio, cobrando taxas pelo serviço. (Beatriz Cavalcante)


Serviço

Cadastro no programa Ecoelce

Onde: http://bit.ly/1aKLE9N

 

SERVIÇO
ECONOMIZE

A conscientização dos condôminos deve caminhar junto de cada uma das ações abaixo.

 

Economia com pessoal

1. Ter funcionários com atribuições bem definidas.

2. Evitar rotatividade dos empregados

 

Manutenção

1. Priorizar manutenção preventiva em vez de corretiva

2. Procurar fornecedores com referências para não ter que gastar de novo com outra empresa

3. Manter os ambientes sempre limpos evita o uso excessivo dos produtos de limpeza

 

Concessionárias

1. Uso de lâmpadas LED e bombas com baixo custo de consumo

2. Instalar sensores de presença na iluminação do condomínio

3. Investir em sistemas inteligentes de chamado de elevador

4. Geração da própria energia

5. Ter um controle diário de consumo de metros cúbicos de água para poder identificar possíveis vazamentos

6. Utilizar equipamentos modernos, que reduzam a pressão na saída de água

 

Alternativas

1. Cadastro no programa Ecoelce – deve-se fazer a coleta seletiva e entregar o lixo separado à Coelce, economizando na conta de energia

2. Abrir espaço para publicidade dentro dos espaços do condomínio

3. Organizar bazares

4. Fazer eventos com patrocinadores

5. Contratar empresas, em caso de inadimplências, que comprem a dívida ou façam garantia de receita. Elas arcam com as despesas do condomínio, cobrando taxas pelo serviço

 

CUSTOS DE UM CONDOMÍNIO


DESPESAS COM PESSOAL. Representam em média 50%


CONCESSIONÁRIAS. Um gasto em médio 20%


MANUTENÇÃO. Em média de 15%

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis