2015. MERCADO IMOBILIÁRIO 14/01/2015

Conhecer para investir

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18858, 'email': 'vivianesobral@opovo.com.br', 'nome': 'Viviane Sobral'}
Viviane Sobral vivianesobral@opovo.com.br
Compartilhar


Com a virada de ano, muitos consideram ser hora de planejar as próximas aplicações. Uma opção são os investimentos em imóveis, que são uma boa pedida, mas, como qualquer aplicação, exigem conhecimento de mercado.


O economista e professor da Universidade de Fortaleza (Unifor), Ricardo Eleutério, avalia que imóvel é um bom investimento por ser classificado como um bem de raiz que contribui para formação de patrimônio. Ele reforça os parâmetros que devem sempre ser apreciados pelo investidor: rentabilidade, liquidez, risco e segurança.


“Uma vantagem é que é mais seguro que outras aplicações, como mercado de ações”, diz. Acrescenta que apesar de ter menos liquidez que alguns ativos, os imóveis possuem rentabilidade moderada.


O economista explica que a partir de 2006 e 2007 houve o boom no mercado imobiliário, com grande demanda por imóveis e consequente valorização. “Em 2014 já revela uma desaceleração. Já houve uma supervalorização e agora a rentabilidade continua, mas numa taxa e num ritmo menor”, esclarece.


Em relação à diversificação de investimentos, com os imóveis não é diferente e o economista e diretor geral da Valorize Consultoria Empresarial, José Maria Porto, reforça que os empreendimentos imobiliários são oportunidades para diversificar. Entre os cuidados, sugere que o interessado na compra esteja atento ao tipo de imóvel: “é para morar ou para investir?”.


Para morar tem um objetivo diferente, porque vai usufruir do bem, não vai contar se vai valorizar. No caso das salas comerciais, muitas pessoas já investiram, tiveram excelentes retornos, mas esses ganhos expressivos não devem se repetir. “Cada caso é um caso e não se deve esperar a mesma rentabilidade”, diz José Maria.


Os motivos: a situação da economia e a grande oferta de imóveis. Ele nota que o mercado sofreu certa acomodação e que os empreendimentos se retraíram um pouco. Pontualmente sobre comprar o imóvel para gerar renda com aluguel, o especialista lembra que o rendimento oscila entre 0,5% e 0,8% do valor do imóvel.


Antes de investir, ainda há o cuidado de conversar com agentes do mercado para conhecer como os imóveis estão se comportando dependendo da localização. Nesse aspecto, é necessário discutir a situação da construtora, como o fato dela estar entregando as obras no prazo ou com atrasos.

 

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis