SALA&ETC 12/11/2014

Quando o muro de arrimo é necessário?

notícia 0 comentários
Compartilhar

O objetivo do muro de arrimo é conter, sustentar, um terreno que está fazendo pressão sobre outro. Euler Munir, arquiteto e urbanista e assessor de Planejamento Curricular da Universidade de Fortaleza (Unifor), diz que assim como a piscina faz força perpendicular nas paredes, a terra também faz força nas paredes laterais de um terreno. Por exemplo, tem-se um subsolo, de um lado vazio e do outro lado a terra natural fazendo pressão e se constrói um muro de arrimo para que o lado do subsolo não ceda. O muro de arrimo é uma parede mais espessa que pode ser de alvenaria de pedra, laje de concreto ou podem ser estruturas cravadas. Ele também pode ter função plástica, mas serve mais para criar uma elevação para que a terra não caia.

 

Quais pisos posso utilizar ao redor de uma piscina?

Segundo o arquiteto e urbanista Régis Freire, depende muito do empreendimento. Mas, no Ceará, a pedra Cariri é a mais utilizada. Ela é de arenito e caracteriza-se por ser uma pedra fria, além de ser de baixo custo, pois se compra numa extensão longa para por na borda. Pode-se usar granito apicoado também, que é uma maneira de você tirar da pedra uma superfície rugosa para, ao mesmo tempo, dar mais aderência. Uma parte do piso fica submersa e a outra do lado de fora. Essa pedra também não esquenta, assim, ninguém se queimará ao encostar o braço na borda da piscina.

undefined

> TAGS: 0
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis