Mobile RSS

rss
Assine Já
Morte de criança 06/03/2013

Condutor preso pode ser inocente

Preso na semana passada, o motorista da topic 53 foi liberado na última segunda-feira. Outro condutor da mesma linha assumiu a autoria do crime. Vídeo ajudará a solucionar o caso
IGOR DE MELO
O acidente ocorreu na segunda-feira da semana passada, na avenida Santos Dumont, próximo à rua Francisco Matos
Compartilhar


Acusado de atropelar e matar uma criança de cinco anos, o motorista Marcos José Barbosa da Silva, 47 anos, pode ser inocente. Pelo menos foi o que afirmou o titular do 15º Distrito Policial (DP), na Cidade 2000, Alízio Justa.


Segundo o delegado, o crime pode ter sido cometido por outro condutor da mesma linha de transporte alternativo, a 53, que também dirigia pelo local quando houve o acidente. Vídeo feito pelas câmeras de um condomínio, que registrou o atropelamento, pode ajudar a Polícia a solucionar o caso.


“Ele (o segundo motorista) disse não lembrar de ter causado a morte da criança ou atingido o ciclista. Falou que estava dirigindo atrás de Marcos. Foi quando eu mostrei o vídeo e ele começou a chorar. Perguntei se tinha alguma dúvida sobre a autoria do crime e ele respondeu que, vendo as imagens, não”, disse o delegado.


O novo suspeito está em liberdade, conforme Alízio Justa, pois não houve flagrante. Além disso, no vídeo, continua o delegado, não é possível identificar condutor e número do carro.


Nas imagens, o primeiro veículo, supostamente dirigido por Marcos José, parou no semáforo e seguiu viagem. Em seguida, as vítimas aparecem e são atropeladas por uma segunda van, que seria conduzida por Francisco Pereira de Sales, 36.

 

Prisão em flagrante


O acidente ocorreu na segunda-feira da semana passada, na avenida Santos Dumont, próximo ao cruzamento com a rua Francisco Matos. O garoto Adler Menezes Duarte estava sendo transportado de bicicleta pelo parente José Gilberto Assis Pereira, 21, quando o veículo foi colhido pela van. Adler morreu no local. José Gilberto chegou a ser socorrido no Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro. O motorista fugiu.


Instantes depois, Marcos José foi preso por policiais do Batalhão de Choque (BPChoque) da Polícia Militar. O motorista passou uma semana na carceragem da delegacia. Somente na última segunda-feira, após o vídeo ser entregue à Polícia, Marcos José foi liberado. Embora ainda seja considerado suspeito, ele teve a liberdade decretada pela juíza Antônia Dilce Rodrigues Feijão, da Vara Única de Trânsito de Fortaleza.

 

ENTENDA A NOTÍCIA


Segundo a Polícia Civil, outro motorista assumiu, em depoimento, ter atropelado a criança. Uma gravação feita no momento do acidente mostrou que duas vans da linha 53 passaram pelo local. Porém, não foi possível identificar os condutores ou a identificação dos carros. Vídeo será periciado

 

Saiba mais

 

Segundo a Polícia Militar, Marcos José Barbosa da Silva foi detido dentro da van, quando o veículo já estava parado no fim da linha.

 

O autor do crime responderá por homicídio culposo e lesão corporal culposa.


O delegado Alízio Justa disse ainda que deixará uma possível solicitação de prisão preventiva dos suspeitos a critério da Justiça.


Segundo o delegado, além dos familiares das vítimas, nenhuma testemunha, como passageiros da topic, foi encontrada.

Compartilhar
espaço do leitor
Zé Bob 06/03/2013 10:00
Muito estranho:1)não há testemunhas do local do acidente?;2) os ocupantes dessa segunda lotação não viram o impacto?3)Como pode um acidente dessas proporções e tudo o que se tem para encontrar o autor são vídeos de um condomínio?? Ninguém viu nada?Impressionante....!!!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima