Mobile RSS

rss
Assine Já
Londres 2012 28/07/2012

Show de luzes e cores

A abertura das Olimpíadas de Londres foi marcada pela apresentação do ex-Beatle Paul McCartney, que emocionou as 80 mil pessoas no Estádio Olímpico
ALBERTO PIZZOLI/AFP
A cerimônia dos Jogos Olímpicos foi comandada pelo cineasta David Boyle, que mostrou elementos conhecidos da cultura britânica
Compartilhar

Londres abriu ontem a 30ª edição dos Jogos Olímpicos com uma festa que exibiu e brincou com os ícones britânicos e reforçou a ideia de bons anfitriões dos britânicos. A cerimônia começou com o ciclista Bradley Wiggins, campeão da Volta da França, tocando um sino que ficará no estádio por 200 anos. Ele foi aplaudido de pé.

 

O cenário era bucólico, mostrando o Reino Unido rural. Depois, ele foi completamente transformado, dando lugar a chaminés e trabalhadores braçais com roupas sujas, simbolizando a Revolução Industrial.


Danny Boyle, o diretor do show e ganhador do Oscar com “Quem quer ser um milionário” disse que queria mostrar como os britânicos ajudaram a mudar o mundo, para o bem e para o mal. Nessa parte, houve uma pequena homenagem a todos os mortos nas duas grandes guerras mundiais.


A cerimônia, então, entrou em sua parte mais divertida, mas que não empolgou tanto o público. Daniel Craig, como James Bond, apareceu em um filme mostrado nos telões voando de helicóptero com a rainha Elizabeth 2ª. E, depois, os dois “saltaram” de paraquedas para dentro do estádio. A própria rainha atuou no filme.


Outro ícone do cinema londrino apareceu em um filme sob o tema de “Carruagens de Fogo”. Mister Bean surgiu primeiro como tecladista da banda e depois sonhando que participava da famosa cena do filme da corrida pela praia. A parte seguinte foi uma homenagem à cultura pop britânica, das novelas à música, com trechos de sucessos de várias épocas, como Rolling Stones, Beatles, Sex Pistols e Amy Winehouse. Depois do desfile das delegações, houve queima de fogos e discurso de Sebastian Coe, chefe do comitê organizador, e Jacques Rogge, presidente do COI.

 

Pira olímpica

A pira dos Jogos de Londres é um símbolo da união entre os povos. Cada delegação, ao chegar à cidade, recebeu uma pétala de cobre com o nome de seu país inscrito nelas. Cada equipe as depositou no centro do palco. A tocha olímpica, que chegou de barco com David Beckham foi passada para Sir.

Steve Redgrave.

 

Na presença 260 medalhistas olímpicos britânicos, o fogo foi usado para acender as tochas de sete jovens atletas do país.

 

27º O Brasil foi o 27º país a entrar na cerimônia de abertura das Olimpíadas

 

80 Mil espectadores assistiram ao show de abertura

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor no:

Mobile RSS

rss