Mobile RSS

rss
Assine Já
copa 2014 16/05/2012

Orgulho solitário da Copa

Castelão é único estádio com obras dentro do prazo, diz consultor
FOTO: J. LUÍS / SECOPA
Castelão está com 67,8% das obras concluídas segundo dados oficiais da Secopa
Compartilhar

Fortaleza segue fazendo direito o dever de casa quando o assunto é o andamento das obras do Castelão para a Copa do Mundo de 2014. O estádio é único entre os 12 que serão utilizados no Mundial no Brasil que está cumprindo à risca os prazos. Foi o que apontou relatório da Fifa, obtido em primeira mão pelo jornal Folha de São Paulo.

 

O estudo, datado de 1º de maio, coloca Fortaleza como a subsede que tem a obra de estádio mais avançada do País, com 65% das ações concluídas. O percentual é quase o dobro da média geral das arenas, que é de 34,4%.


O último balanço divulgado pela Secretaria Especial da Copa do Mundo (Secopa) vai além e diz que as obras de reforma do Castelão já atingiram a marca de 67,8%. Dado que deve avançar para 70% até o fim do mês, segundo a meta traçada pelo Governo do Estado.

 

Situação inversa


O estágio de andamento das obras do Castelão contrasta com o cenário de outras cinco estádios, em que a Fifa considera haver possibilidade real de atraso. O caso mais crítico é o da Arena Dunas, em Natal, classificado como de “alto risco” de não ser concluído a tempo do Mundial. A entidade máxima do futebol mostra preocupação ainda com as arenas de Manaus, Cuiabá, Curitiba e Porto Alegre.


O estudo que a Folha teve acesso foi realizado por Charles Botta, consultor especial da Fifa para estádios, e pela empresa Arena, contratada pelo COL, o Comitê Organizador Local, para supervisionar as obras.


O panorama para a Copa da Confederações é ainda mais crítico, de acordo com o levantamento. A Fifa observou atrasos em três das quatro sedes já anunciadas para o torneio (Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte). Fortaleza é a única exceção.


O titular da Secopa, Ferruccio Feitosa, comemora o fato de Fortaleza estar ‘bem na fita’. “O nosso ritmo de trabalho segue intenso desde o início e nós estamos trabalhando firmes para que as obras do Castelão fiquem prontas em dezembro desse ano, para que no início de 2013 possamos liberar o estádio para uso dos times cearenses”, declarou.

 

Situação das 12 subsedes


NATAL

Estádio: Arena das Dunas

Estágio das obras: 15%

 

MANAUS

Estádio: Arena Amazônia

Estágio das obras: 27%

 

CUIABÁ

Estádio: Arena Pantanal

Estágio das obras: 36%

 

PORTO ALEGRE

Estádio: Beira-Rio

Estágio das obras: 4%

 

CURITIBA

Estádio: Arena da Baixada

Estágio das obras: 12%

 

SÃO PAULO

Estádio: Itaquerão

Estágio das obras: 34%


RECIFE

Estádio: Arena Pernambuco

Estágio das obras: 34%

 

RIO DE JANEIRO

Estádio: Maracanã

Estágio das obras: 45%

 

BRASÍLIA

Estádio: Estádio Nacional

Estágio das obras: 42%

 

BELO HORIZONTE

Estádio: Mineirão

Estágio das obras: 41%

 

SALVADOR

Estádio: Fonte Nova

Estágio das obras: 58%

 

FORTALEZA

Estádio: Castelão

Estágio das obras: 65%

 

* Dados da Folha de São Paulo

Bruno Balacó brunobalaco@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
carlos 16/05/2012 17:11
Zé bob, e o resto que falta fazer? Que sonho.!!!!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Cumbia Cumbero 16/05/2012 16:49
Prometeram agora cumpram.Ajoelhou tem que rezar.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Zé Bob 16/05/2012 12:16
Bem que a FIFA poderia nos agraciar como sede da Copa das Confederações. Seria muito justo e oportuno, visto que estamos indo bem com o prazo.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Claudio 16/05/2012 11:35
O Castelão é a única obra do Gov.do Estado que está dentro do cronograma.Mas isso é compreensível,pois sem estádio não tem jogo e a obra serve de projeção nacional e internacional.Agora a respeito deste número de 65%,acho fantasioso.Depois da greve,só tem como repor os dias explorando o trabalhador
Este comentário é inapropriado?Denuncie
carlos 16/05/2012 11:01
CADÊ OS COMENTÁRIOS SOBRE ESTA MATÉRIA? VOCÊS VÃO COLOCAR?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
6
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mobile RSS

rss