Tecnologia 22/09/2016

Dell e EMC detalham fusão de R$ 67 bilhões

notícia 0 comentários


As empresas de tecnologia Dell e EMC anunciaram, no começo deste mês, uma fusão histórica de R$ 67 bilhões. Na 1ª edição do Dell EMC Forum, ocorrida ontem, em São Paulo, os executivos das companhias deram detalhes do novo empreendimento e prometeram unir as tecnologias e se complementar, mas sem perder a individualidade de cada uma. A nova companhia, chamada de Dell Technologies, se torna assim a maior empresa de tecnologia do mundo, com receitas estimadas em US$ 74 bilhões e presente em 180 países.


O presidente da EMC Brasil, Carlos Cunha, contou que a nova empresa reúne os recursos tecnológicos e humanos da Dell e da EMC para ajudar os clientes e parceiros a conduzir a transformação digital de seus negócios, impulsionada por três áreas principais.


“Esse futuro digital traz três grandes desafios para nossos clientes. A primeira transformação da TI (Tecnologia da Informação) é garantir a modernização, a otimização da estrutura. A segunda grande transformação é da força de trabalho, cada vez mais exigente. Hoje em dia, o indivíduo não aceita mais tempo de resposta (demora). A terceira é a transformação com segurança. Mas a gente esquece que tem também a quarta transformação, que é a de nós fornecedores estarmos aptos a apoiar nossos clientes a trabalhar nessas três grandes transformações. E foi exatamente isso que essa empresa fez com o anúncio de 15 dias atrás, ao anunciar a criação da Dell Technologies. Foi se transformar para estar apta a atender nossos clientes nessas três grandes transformações”, comentou Carlos Cunha.


Segundo Luis Gonçalves, presidente Dell Brasil, a fusão será uma oportunidade do novo empreendimento ganhar vantagem no mercado. (Thadeu Braga, enviado a São Paulo/ O jornalista viajou a convite da Dell Technologies)

 

> TAGS: economia
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Economia