COMÉRCIO 15/09/2016

Impacto da greve dos bancários é maior no Interior

notícia 0 comentários


O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Freitas Cordeiro, diz que sistema eletrônico de atendimento minimizou os problemas, mas a greve afeta o comércio. "E o impacto é negativo, principalmente, no Interior".


O presidente interino da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Sobral, José Cavalcante da Ponte, afirma que a greve dificulta o acesso ao dinheiro e causa muitos prejuízos à população flutuante. É notório a queda no movimento de pessoas em Sobral, que é cidade polo".


Explica que com o fechamento das agências bancárias as pessoas ficam mais apreensivas com relação à movimentação do dinheiro em espécie, pois os limites para saques diários não são o suficiente para muitas transações comerciais. "Com isso, algumas negociações de compra e venda são comprometidas. A falta de acesso a certo serviços como depósitos e pagamentos de boletos de alto valor causam transtornos como atrasos na entrega de mercadorias e na finalização de vendas".


O presidente da CDL de Juazeiro do Norte, Michel Araújo, diz que o comércio sempre fica prejudicado com a greve. Explica que desta vez o efeito negativo só não está sendo maior porque a greve está sendo realizada num período de romaria, o que faz circular mais dinheiro.
(Artumira Dutra)

> TAGS: greve bancos
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima

Jornal de Hoje | Economia