Bancos em greve 08/09/2016

Atendimento deve ser garantido pelos bancos

notícia 0 comentários


Mesmo com a greve, a qualidade e o tempo de atendimento ao consumidor devem ser respeitados pelos bancos. O alerta é da diretora do Procon de Fortaleza, Cláudia Santos, que ressaltou que o órgão está intensificando a fiscalização para saber se os bancos vêm oferecendo serviço adequado no período.


Pela lei de Greve, pelo menos 30% do efetivo deve ser mantido durante a paralisação no atendimento das agências. Mas ainda assim, a qualidade do atendimento deve ser preservada. “Os bancos são responsáveis pelo serviço adequado também no período de greve e devem encontrar uma forma para que o consumidor não seja penalizado”.


Ela afirma que algumas reclamações já começaram a ser formalizadas no órgão, principalmente em relação ao tempo de espera e também sobre o descumprimento do atendimento preferencial de idosos, gestantes, lactantes, pessoas com deficiência ou que estejam acompanhadas com crianças de colo. Com base nestas denúncias, o órgão vem instaurando procedimentos de investigação.


Esta não é a única questão a ser enfrentada durante a greve dos bancos. O consumidor também deve ficar atento às datas de pagamento dos boletos, sob pena de ter de arcar com multas e juros por atraso. E as empresas, por sua vez, são obrigadas a disponibilizar outra forma de pagamento de contas até a normalização dos serviços bancários.


“Nem o consumidor e nem a empresa credora têm culpa da greve, mas não podem usar este argumento para não cumprir suas obrigações. O consumidor deve procurar outras formas para quitar o débito em dia. E a empresa deve facilitar oferecendo meios alternativos para isso. Se o consumidor tentou pagar em dia, procurou a empresa e não conseguiu retorno, pode registrar uma reclamação contra a empresa nos órgãos de defesa do consumidor”.


Hoje existem alternativas como o pagamento pela internet, casas lotéricas, correspondentes bancários ou mesmo caixas eletrônicos, por meio do código de barras. Algumas redes de supermercado também recebem contas de água, luz e telefone. E alguns bancos permitem o pagamento de contas por telefone. Outra opção seria verificar a possibilidade de quitar o débito direto na própria sede da empresa.


Ela ressalta que nestes casos, por uma questão de segurança, o consumidor deve anotar números de protocolo e guardar comprovantes, como e-mails. Assim, em caso de cobrança de juros ou multa, terá como provar que tentou fazer o pagamento antes do vencimento.


De acordo com o Sindicato dos Bancários, a paralisação que começou na última terça fechou 214 agências no Ceará. (Irna Cavalcante)

 

> TAGS: economia
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima

Jornal de Hoje | Economia