Saúde 03/09/2016

ANS suspende a venda de planos

notícia 0 comentários


A partir de 9 de setembro as empresas Salutar, Federação das Sociedades Cooperativas de Trabalho Médico do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia; Unimed Norte-Nordeste, Unimed Rondônia; Fundação Assistencial dos Servidores do Ministério da Fazenda (Assefaz); Unihosp Saúde; Jardim América Saúde e Ribeiro & Silva Plano Odontológico não poderão vender novos planos de saúde. Dessas apenas duas, a Unimed Norte-Nordeste, dona da carteira da Camed, e Assefaz atuam no Ceará. O POVO procurou as instituições por telefone mas as ligações não foram atendidas. Clientes dos planos suspensos continuam tendo direito aos serviços.


A decisão de suspender a comercialização de planos dessas operadoras, anunciada ontem pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), ocorre em função de reclamações relativas à cobertura assistencial, como negativas e demora no atendimento. A medida faz parte do monitoramento periódico realizado pela ANS. De acordo com informações da agência, se melhorarem o serviço prestado e tiverem redução do número de reclamações, as operadoras poderão ter a comercialização liberada no próximo ciclo, daqui a três meses.


A diretora de Normas e Habilitação dos Produtos, Karla Santa Cruz Coelho, explica que trata-se de um mecanismo que gera efetividade no mercado. “Do ponto de vista do beneficiário, ter acesso a tudo que contratou, com qualidade e em tempo oportuno, é o desejado, e o monitoramento possui exatamente este objetivo”, completa.


Os planos suspensos possuem, juntos, cerca de 167 mil beneficiários.

> TAGS: economia
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Mais comentadas

anterior

próxima

Jornal de Hoje | Economia