Porto do Pecém 11/08/2016

Governo negocia parque de tancagem com holandeses

Empresa Vtti Energy Partners responderia pela implantação. Investidores devem visitar o Ceará nos próximos dias para avançar nas negociações
notícia 0 comentários
{'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 18888, 'email': 'atilasantos@opovo.com.br', 'nome': '\xc1tila Varela'}
Átila Varela atilasantos@opovo.com.br
DIVULGAÇÃO GOVERNO DO ESTADO
Em visita ao porto de Rotterdam, na Holanda, Camilo Santana se reuniu com a Vtti Energy Partners


O Governo do Estado negocia a instalação de um parque de tancagem no Porto do Pecém com investidores holandeses. Ontem, o governador Camilo Santana, em visita ao Porto de Rotterdam (Holanda), esteve reunido com Rob Nijst, presidente da multinacional Vtti Energy Partners.


“O projeto para o Pecém, inicialmente, seria para 200 mil m³ de tancagem de combustível, além do gás. Após a discussão de vários pontos importantes para a efetivação da parceria, já acertamos o retorno deles ao Ceará nos próximos dias para avançarmos nas negociações”, disse Camilo Santana, em sua página no Facebook. A empresa holandesa administra terminais de armazenamento na Bélgica, Emirados Árabes, Malásia e Estados Unidos.


O parque de tancagem no Pecém é uma demanda antiga do governo estadual. A unidade localizada no Porto do Mucuripe, em Fortaleza, tem capacidade insuficiente (segundo o setor) para o armazenamento de combustíveis que abastece o Estado.


No ano passado, a empresa italiana Decal demostrou interesse em investir R$ 600 milhões na implantação de um parque de tancagem no Pecém. À época, a companhia informou que as negociações, entre 2013 e 2014, não avançaram. A Decal havia solicitado uma área próxima ao píer de atracação do Porto do Pecém, enquanto o governo estadual queria que o parque ficasse a 10 quilômetros de distância da área. A empresa italiana disse que, na ocasião, encareceria o preço da operação.


Relatório

O Governo também recebeu o relatório final com propostas de melhorias do Porto do Pecém e investimentos feita pela consultoria do Porto de Rotterdam. “Os resultados foram positivos para a definição de parcerias futuras para o nosso Estado”, afirmou o governador. Uma nova reunião de trabalho foi agendada para o próximo mês. “Esse próximo encontro aqui no Ceará será um avanço nos negócios entre Pecém e Rotterdam”, completou André Facó, titular da Secretaria de Infraestrutura do Ceará (Seinfra).

 

Em setembro do ano passado Governo do Ceará e o porto holandês firmaram convênio para a elaboração do plano de desenvolvimento para o Porto do Pecém, que consiste na integração entre porto, indústria e Zona de Processamento de Exportação (ZPE), e na atração de novos investimentos para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).


Na última terça-feira, Camilo Santana conversou com empresas dos segmentos de guindastes e transporte de alimentos resfriados e congelados na Holanda. “Na Empresa APM Terminals, que hoje atua em mais de 30 países na instalação de guindastes, traçamos planos para ampliar a parceria. Já na Kloosterboer, empresa em armazenamento e transporte de alimentos resfriados e congelados, discutimos sobre planos de investimento em nossa ZPE”, adiantou o governador.

 

Saiba mais


Mucuripe

O parque de tancagem no Mucuripe movimenta, aproximadamente, 130 mil toneladas de combustíveis por mês. Conta com 42 tanques de armazenamento.

Decreto

O Decreto estadual número 31.278/2015, ratificado pelo governador Camilo Santana ,assinala a transferência do parque de tancagem do Porto do Mucuripe para o Complexo Portuário e Industrial do Pecém (Cipp)

 

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Economia