TRONCO DO GAÚCHO 06/08/2016

Iguaria premiada

notícia 0 comentários


Pensando em atrair novos clientes por meio de um produto diferente, há sete anos Silvana e Solimar Rossini, donos do restaurante Tronco do Gaúcho, resolveram trazer para Fortaleza algo que ainda não tinham visto na cidade.


“Nós não sabíamos de nenhuma linguiça de camarão por aqui, então criamos a receita e resolvemos fazer”, comenta Silvana. No início, o camarão era comprado no Rio Grande do Norte, o que aumentava os custos da produção. Com o tempo, o produto ficou inviável e os empresários tiveram que pensar em outra solução.


Foi então que surgiu a ideia de uma linguiça com carne do sol e queijo coalho, comidas já conhecidas do paladar cearense há anos.


Além dessas, os clientes do restaurante podem saborear a de frango com bacon, a picante e a toscana. “A nossa produção é muito artesanal, nós entramos com a receita e escolhemos as carnes, e um amigo nosso prepara a linguiça. Nós acompanhamos todo o processo, quando ele termina, nós vamos degustar para ver se ficou como queríamos. Não tem uma receita certinha, tem que ir provando”, afirma Silvana.


As linguiças são servidas em um prato especial com um formato que lembra a Arena Castelão. “É o Trio Arena Castelão. O prato é feito por uma artesã e faz muito sucesso”. E o sucesso é tanto que o petisco foi eleito por três vezes como o melhor na competição ‘Comida di Buteco’, que avalia tira-gostos pelo País.


Somente das linguiças de carne do sol com queijo coalho a casa vende 250 unidades por semana, fora as outras opções. “Elas são todas de 100g e a cada ano nós criamos uma diferente”, completa a proprietária.

> TAGS: 0
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Economia