Fortaleza 05/08/2016

Dia dos pais movimentará R$ 112 mi

Fecomércio estima que comércio da Capital tenha um incremento de 12% em relação a 2015, quando valor de vendas chegou a R$ 100 milhões
notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 19043, 'email': 'ligiacosta@opovo.com.br', 'nome': 'L\xedgia Costa'}
Lígia Costa ligiacosta@opovo.com.br


A Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio-CE) estima que os consumidores de Fortaleza deverão movimentar R$ 112 milhões com a compra de presentes para o Dia dos Pais deste ano.


 

Contrariando dados negativos associados à crise econômica, o comércio local deve ter incremento de 12% em comparação ao ano passado, quando foi registrado um valor de vendas estimado em R$ 100 milhões. A expectativa de 12% de alta havia sido antecipada pelo O POVO.


Cláudia Brilhante, diretora institucional da Fecomércio-CE, atribui os bons números ao aumento da confiança do consumidor. “As pessoas acreditam que há uma luz no fim do túnel, que a economia vai melhorar e, assim, o consumidor vai comprar o seu presente”.


A pesquisa realizada com mil pessoas estima ainda que o valor médio do presente será de R$ 155, com preferência para pagamentos à vista (73,1%) e por cartão de crédito (29,6%). Cláudia comemora a predileção do consumidor pelo pagamento à vista. “Isso é muito bom para o comércio. Há muito tempo batemos na mesma tecla de que deve ser feito um orçamento familiar. Isso mostra que o consumidor está se planejando e priorizando o pagamento de suas dívidas para voltar à ativa”.


Apesar da tendência de crescimento na movimentação no comércio, a intenção de compra, de 39,8%, é inferior à registrada no ano passado, que foi de 42,1%.


Perfil de compra

Mulheres com até 20 anos e com renda familiar entre três e seis salários mínimos devem deter o maior poder de compra no período, respondendo por 44,4% das intenções de compra.

 

Artigos de vestuário concentram o maior percentual de intenção de compra dos fortalezenses (56,8%), seguidos por calçados e bolsas (18,1%), itens de perfumaria (16,3%) e relógios (7,0%).


Os locais mais frequentados para procura dos presentes deverão ser supermercados e hipermercados (38,1%), shopping centers (31,1%) e centros comerciais (24,4%).


Quanto aos potenciais competitivos, são as promoções (51,7%), os preços (42,6%) e a qualidade dos produtos (32,3%) os principais atrativos para os consumidores.


O Dia dos Pais é a 5ª melhor data comemorativa para o varejo na Capital, ultrapassada pelo Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia das Crianças.

 

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Economia