Boletim Focus 26/07/2016

Projeção da inflação cai de 7,26% para 7,21%

notícia 0 comentários
AGÊNCIA BRASIL
Pesquisa do Banco Central reduz projeção da inflação e Selic


Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) ajustaram a projeção para a inflação - medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - de 7,26% para 7,21%, este ano. Para 2017, a projeção foi alterada de 5,30% para 5,29%. As estimativas fazem parte do boletim Focus, uma publicação elaborada todas as semanas pelo BC, com projeções para os principais indicadores econômicos.


Taxa Selic

O principal instrumento usado pelo BC para controlar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 14,25% ao ano. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, mas a medida alivia o controle sobre a inflação. Quando mantém a taxa, o Copom considera que ajustes anteriores foram suficientes para alcançar o objetivo de controlar a inflação.

 

A expectativa das instituições financeiras é que a Selic termine este ano em 13% ao ano e 2017 em 11% ao ano. Atualmente, a Selic está em 14,25% ao ano, mantida nesse patamar na reunião do Copom.


A projeção para a cotação do dólar foi alterada de R$ 3,39 para R$ 3,34, no fim deste ano, e permanece em R$ 3,50, no fim de 2017.

 

> TAGS: economia
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Economia