FÉRIAS 12/07/2016

Ocupação dos hotéis atinge 67,7% em Fortaleza

Expectativa é que índice chegue a 70% até o fim do mês. Turismo deve injetar R$ 900 mi em Fortaleza
notícia 0 comentários
{'grupo': '.', 'id_autor': 19052, 'email': 'irnacavalcante@opovo.com.br', 'nome': 'Irna Cavalcante'}
Irna Cavalcante irnacavalcante@opovo.com.br
CAMILA DE ALMEIDA
Apesar de 5% menor que no mesmo período do ano passado, ocupação dos hotéis é considerada boa


Os hotéis em Fortaleza estão com ocupação de 67,65%, mas devem chegar a 70% até o final do mês. Os números são da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Ceará (ABIH-CE). O índice é de 5% menor do que o registrado ano passado.


 

Apesar de menor, o número não deixa de ser comemorado pelo setor, considerando que em agosto tem Olimpíadas no Rio de Janeiro e o dólar já não está tão alto como há alguns meses, o que favorecia a vinda de turistas estrangeiros ao País. “O dólar era considerado um grande amigo do turismo, agora está um bom amigo”, apontou Darlan Leite, presidente da entidade.


Ele diz que em relação ao turista estrangeiro é grande a expectativa pela vinda de argentinos para Fortaleza, em função das campanhas realizadas no País vizinho. As secretarias de turismo do Estado e Município, em parceria com a iniciativa privada, estão inclusive negociando com a companhia aérea Gol a implantação de mais uma frequência de voo para o destino. “Apesar de eles não estarem também em uma boa fase, tem sempre um argentino viajando e Fortaleza é um destino que eles já conhecem e gostam muito”.


“Não estamos em um período fácil, as pessoas estão decidindo comprar de última hora, sempre esperando uma oferta, uma promoção e levando em consideração a conjuntura econômica”, afirmou o secretário do Turismo do Estado, Arialdo Pinho.


Injeção na economia

O turismo deve injetar R$ 900 milhões na economia de Fortaleza durante o mês de julho. A estimativa é do secretário municipal do turismo, Erick Vasconcelos, que projeta uma alta temporada mais “magra” que em anos anteriores – em 2015, o setor movimentou R$ 1 bilhão -, mas ainda com muitos turistas na Cidade. A expectativa é de que pelo menos 350 mil desembarquem pelo aeroporto internacional Pinto Martins.

 

“Isso sem considerar aqueles que vêm de carro, de ônibus, de municípios próximos. Talvez o faturamento caia um pouco em relação ao ano passado em função da crise, mas o fluxo de turistas deve se manter. Estamos muito otimistas”.


Ele diz que uma das razões que sustentam este otimismo está na antecipação em uma semana do Fortal. Diferente de anos anteriores, este ano, a festa ocorrerá de 21 a 24 de julho.

“O Fortal é sempre um grande impulsionador, antes era realizado na última semana, agora como antecipou acredito que muitas pessoas vão aproveitar para ficar mais tempo”.

 

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Economia