Fortaleza 02/10/2015

Antes do Uber chegar, taxistas se renovam

O Uber está em quatro estados no Brasil. Antes do serviço de transporte particular de passageiros chegar ao Ceará, taxistas se unem para oferecer um serviço melhor
notícia 35 comentários
{'grupo': ' ', 'id_autor': 16420, 'email': 'andreh@opovo.com.br', 'nome': 'Andreh Jonathas'}
Andreh Jonathas andreh@opovo.com.br
RODRIGO CARVALHO
Um grupo de taxistas resolveu não esperar o Uber chegar para melhorar o serviço e atendem com mais cortesia, pontualidade e mimos


Taxistas em Fortaleza declararam “guerra” ao Uber, mesmo antes do aplicativo para smartphone que oferece transporte particular de passageiros chegar ao Estado. Mas não usam violência nem ações judiciais. A ofensiva do grupo de taxistas Gold Taxi 9001 é melhorar e aprimorar o serviço.


De terno e gravata, eles são corteses, quando solicitados, comunicativos. Oferecerem mimos aos clientes, como Wi-Fi, água gelada, iogurte, chocolates e o jornal do dia, tudo gratuito. Usam frota nova ao estilo serviço executivo. Tudo isso deixaria a corrida mais cara, mas não deixa. As bandeiradas e tarifa são exatamente as mesmas comuns aos taxistas.


O Gold Taxi 9001 começou com cerca de 30 taxistas há dois meses, com a procura crescente de profissionais, o grupo cresce, segundo Hélio Pereira, um dos administradores do serviço. Estão sendo analisados mais de 70 pedidos de taxistas para ingressar no grupo.


“Somos todos devidamente cadastrados na Prefeitura. Estamos no processo de formar uma nova cooperativa”, revela. Ele explica que o número “9001” que está no nome do grupo faz referência ao ISO 9001, um selo de padrão de qualidade para produtos e serviços.


A semana é de correria, pois estão prestes a lançar um aplicativo móvel e o site para chamada de corrida e outros serviços. Sim, a saída da zona de conforto desse grupo tem a ver com o Uber, que ainda não atua em Fortaleza, mas já está em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Brasília. O app já busca profissionais para trabalhar em Curitiba (PR).


Concorrência alavanca

O consumidor sente a diferença no serviço, mesmo que avance sutilmente. A professora e universitária de biologia, Iolanda Porfírio, 26, conta que se impressionou com a agilidade na chegada. “No máximo, 10 minutos de espera. Já usei algumas vezes. E eles já incorporaram o que o Uber oferece”.

 

Iolanda ressalta que é o conjunto do serviço o diferencial do Gold Táxi. “Quando meu noivo postou no Facebook sobre uma corrida que pegamos, em pouco tempo, havia muitos comentários elogiando e pedindo o contato do táxi”, conta.


Se para os clientes a reação foi positiva, para outros taxistas, incomoda. “A maioria me chama de babaca e besta. Quando você inova, sempre tem gente contra. ‘Vai gastar dinheiro com o cliente?’, dizem. O mercado está fraco por conta da pirataria e da crise como um todo, então temos que nos movimentar”, argumenta.

 

Hélio diz não temer o Uber. “Eu acho um serviço excelente. Veio para alancar os taxistas. A concorrência que fez a gente crescer. Somos um espelhamento do Uber”. Ele afirma não ter medo da concorrência, porque agora estão preparados.


O Uber foi criado em 2009 e atua em 60 países. Por meio do aplicativo, o cliente sabe o tempo estimado de viagem, quanto vai pagar e escolhe até a trilha sonora que quer ouvir no trajeto. Para ser motorista deste serviço particular de transporte de passageiros, o motorista se cadastra pela internet, mas tem que seguir os padrões de qualidade do app.

 

NÚMEROS

 

100

carros

é quanto o Gold Táxi 9001 espera ter até o fim do mês


2

contatos

são usados pelo Gold Táxi, por enquanto: 99690 9471 e
98750 8392


60

é o número
de países onde o Uber atua em todo o mundo atualmente

 

> TAGS: economia
espaço do leitor
Wallace Silva 08/02/2016 21:47
Parabéns, isso sim é deixar as palavras de lado. E falar com a atitude. Que se multiplique para outros estados. Incluindo RJ.
VANILSON DAMASCENO PEREIRA 04/11/2015 08:10
Quero ver quando o Uber chegar aqui...
Anderson Bacarin de Almeida 09/10/2015 13:53
Esses são os verdadeiros profissionais do volante, aqueles que cercam, agride, depreda patrimônio e se diz taxistas, desculpe, não passa de vândalos do volante, parabéns a esses taxistas, esses sim sabem ser profissionais de verdade.
Anderson Bacarin de Almeida 09/10/2015 13:53
Esses são os verdadeiros profissionais do volante, aqueles que cercam, agride, depreda patrimônio e se diz taxistas, desculpe, não passa de vândalos do volante, parabéns a esses taxistas, esses sim sabem ser profissionais de verdade.
Paulo Silva 04/10/2015 21:34
Essa estratégia já existe nas cooperativas de taxistas de táxis executivos e táxis de luxos nas capitais, mas também fracassou. O melhor é projeto da Ordem dos Taxistas do Brasil que está no YouTube.
Ver mais comentários
35
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

Jornal de Hoje | Economia