Mobile RSS

rss
Assine Já
Fator previdenciário 04/02/2013

Mudança no fator previdenciário fica para 2015

Ministro admite que discussões sobre as alterações na aposentadoria "esfriaram" e podem ficar para próximo Governo
Compartilhar


O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, não descarta a possibilidade de o fim do fator previdenciário, ou outro tipo de mudança no cálculo das aposentadorias, ficar para debate no Congresso apenas durante o próximo governo.


Ele admitiu que as discussões “esfriaram” e que há outros temas importantes na pauta do Congresso - votação dos royalties do petróleo, dos fundos de Participação dos Estados e dos Municípios e sobre a cassação do mandato de deputados condenados pelo Supremo Tribunal Federal. Ele acredita que esta pauta poderá impedir a análise de mudanças no cálculo das aposentadorias antes de 2015.


“Eu vou continuar lutando e há projetos para isso, mas não tenho como impor a pauta. Eu compreendo que nem sempre se consegue as coisas facilmente.”, disse Garibaldi Alves Filho. De acordo com o ministro, o governo não poderá aceitar o fim “puro e simples” do fator previdenciário. Segundo ele, o ministério não tem dinheiro para arcar com os custos de uma possível eliminação do redutor de aposentadoria.


A aposentadoria dos contribuintes do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é aprovada de acordo com a combinação de dois critérios: idade mínima (65 anos para homens e 60 anos para mulheres; e 60 anos para homens e 55 anos para mulheres que trabalham no campo) e tempo de contribuição (35 anos para homens, 30 anos para mulheres).


Caso a aposentadoria seja feita antes ao cumprimento de algum dos dois critérios, o valor a ser recebido pelo trabalhador é calculado de acordo com uma fórmula o fator previdenciário , que leva em consideração o tempo de contribuição do trabalhador, a alíquota paga, a expectativa de vida e a idade da pessoa no momento da aposentadoria. Se o contribuinte se aposentar em um momento no qual o cálculo não corresponde ao salário integral, há um desconto no valor a ser recebido. (FolhaPress)

 

Números


65

anos é a idade mínima para a aposentadoria dos homens. Para as mulheres, o prazo mínimo para se afastar do trabalho é 60 anos

 

35

anos é o tempo mínimo de contribuição com a previdência social para que homens possam se aposentar. Para as mulheres, a idade mínima é de 30 anos de pagamento da contribuição

 

Compartilhar
espaço do leitor
Fred 22/04/2013 08:29
O GOVERNO È O MAIOR CANCER DE UMA NAÇÂO. Estejam cientes de que ele NÂO QUER O SEU BEM. ELE QUER O SEU DINHEIRO. Eu voto NULO a muito anos. Fico frustrado ao ver que de nada adianta, mas se fôssemos unidos de verdade, já teríamos mudanças significativas. Então vamos continuar. ANULEM SEUS VOTOS.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Pedro 14/04/2013 09:41
Se essa sacanagem com aposentadoria x fator previdenciario acontece na França, Espanha etc, estariam todos na rua para derrubar o governo de merda e seus politicos, mas aqui no Brasil infelizmente o povo é burro e conformado. Salve Jorge.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Marcos 14/04/2013 06:23
Representante sindical honesto? é piada né. Esse ano o povo deveria entrar na história do país. Não votando em ninguém. É o único jeito de dar uma resposta a altura contra esses ladrões.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Marcos 14/04/2013 06:19
Eu tenho a mesma opinião que o Roberto Marques. Povo só faz passeata para coisas fúteis para arrancar os ladrões do planalto são todos frouxos. Depois ficam se lamentando na internet. Vamos pra guerra arrancar eles de lá que a coisa muda.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Marcos 14/04/2013 06:04
O pior que se aposentam com 8 anos depois volta para pegar mais outra de 8 anos. Se o povo tivesse noção votava uma vez só, em um candidato. Aí eu queria ver que tipo de aposentadoria eles iriam inventar. A culpa disso tudo é de vocês povo que colocam eles lá.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
18
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima