Mobile RSS

rss
Assine Já
Para reverter perdas 07/08/2012

Petrobras quer novo reajuste da gasolina

Diante do prejuízo de R$ 1,3 bilhão do segundo trimestre, a estatal cobra paridade no preço dos combustíveis vendidos no País, em relação ao mercado internacional. Governo já zerou impostos para manter preços
TÂNIA REGO/ABR
A presidente da Petrobras, Graça Fostes, ao lado do diretor de Abastecimento da estatal, José Carlos Consenza, apresentaram ontem os resultados da empresa no primeiro semestre
Compartilhar


A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, defendeu ontem novo reajuste no preço da gasolina e do diesel no mercado interno. Como a estatal compra combustível com preço mais alto do que o de revenda, a defasagem de preços é um dos fatores responsáveis pelo prejuízo de R$ 1,3 bilhão da companhia no segundo trimestre deste ano.


Graça Foster assegurou que, “de forma sistemática”, tem falado do problema com o Conselho de Administração da empresa. Formado por integrantes do governo federal, como os ministros de Minas e Energia e do Planejamento, o órgão recentemente autorizou aumentos de 8% da gasolina e de 4% do diesel. Esses reajustes devem puxar para cima os próximos balanços. Os ajustes, no entanto, não foram suficientes para garantir a paridade entre os preços externo e interno.


“Conversamos sobre o reajustamento de preços, sim, na busca de 100% da paridade”, afirmou Graça Foster à imprensa, após a apresentação dos resultados da estatal. “Tenho que acreditar sempre que haverá reajustes e demonstrar com fatos e dados que, periodicamente - não instantaneamente, porque a política é de médio e longo prazo - (há necessidade de que) façamos correções.


Câmbio

A presidente da Petrobras também explicou que o resultado negativo da companhia - o primeiro nos últimos dez anos - reflete principalmente a depreciação do real em relação ao dólar e diz que o ideal para a companhia seria que a moeda estrangeira oscilasse entre R$ 1,95 e R$ 2. Como não há “bola de cristal para acertar nas previsões”, declara que está “alerta às flutuações”.

 

“O prejuízo não vem só por conta da defasagem de preços (dos

combustíveis). Tivemos uma valorização bastante expressiva do câmbio e esse resultado não foi surpresa para nós”, afirmou, ao citar também o registro de poços secos, além da perda de valor do estoque de petróleo e derivados fora do país. “Tudo isso é que provoca o resultado ruim de R$1,3 bilhão de perdas”.


Para reverter o prejuízo, a estatal informou ainda que pretende diminuir a dependência do mercado externo, do qual comprou U$ 6 bilhões de diesel e gasolina no primeiro semestre. Prevê ainda aumento do processamento nas refinarias, a entrada em operação da unidade Abreu e Lima (PE), de plantas de beneficiamento de diesel, e também aposta no aumento da adição do etanol à gasolina – o que permitiria importar menos deste combustível.


Graça Foster afirmou ainda que, independente da autorização para aumento de preço dos combustíveis e do câmbio, é possível aumentar a eficiência da empresa e reduzir custos. “Ainda não chegamos ao limite de processamento (de combustível)”, acrescentou o diretor de Abastecimento, José Carlos Consenza. (das agências)

 

E agora


ENTENDA A NOTÍCIA

 

O Governo Federal já zerou a cobrança de imposto sobre combustíveis como meio de manter os preços, mas os resultados negativos fazem com que a pressão da Petrobras para novos reajustes aumente ainda mais.

 

SERVIÇO

 

Veja detalhes do resultado financeiro da Petrobras


Onde: http://bit.ly/MsF80S


Mais informações: www.petrobras.com.br


Saiba mais


Conferência deixa mercado mais tranquilo


Após abrirem em forte queda de 5%, as ações da Petrobras reduziram as perdas ao longo do dia e fecharam o pregão praticamente estáveis. A melhora ocorreu após teleconferência na manhã de ontem da companhia.


O valor dos papéis preferenciais (sem direito a voto) recuou 0,25%, a R$ 19,89, enquanto as ações ordinárias (com direito a voto) fecharam estáveis, a R$ 20,67. O Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa, teve alta de 1,90%.


Na última sexta-feira, a Petrobras divulgou prejuízo de R$ 1,346 bilhão no segundo trimestre, ante lucro de R$ 10,943 bilhões no mesmo período de 2011. Foi o seu pior resultado em 13 anos.


A última perda registrada pela petroleira foi no primeiro trimestre de 1999: R$ 1,5 bilhão.


Na teleconferência de ontem, a presidente da Petrobras, Graça Foster, disse que o ajuste de combustíveis realizado no final de junho vai ter impacto positivo no balanço da empresa neste trimestre.


A necessidade de importação de derivados, principalmente diesel, também afetou o resultado, admitiu Graça, que disse não ter sido possível evitar a importação. “Não foi possível evitar a importação, tivemos aumento expressivo do diesel”, disse Graça.

 

Compartilhar
espaço do leitor
Paulo 08/08/2012 18:42
O governo não "zerou" os impostos da gasolina, o que houve foi uma diminuição dos impostos no mesmo percentual do aumento anterior para que o aumento não atingisse o consumidor final. a gasolina ainda é taxada em quase 50%, CIDE, ICMS, etc.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Anderson Costa 08/08/2012 08:16
É a mesma política FHC de governar essa de aumantar e aumentar. Esse pre-sal,só vai encher os bolsos dos ricos e de outros países. O Povo vai continuar pagando a conta alta.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
livio 08/08/2012 00:59
Depois que essa presidenta entrou so ta se falando em aumento de combustivel, e ainda teve esse prejuizo da petrobras altissimo, que gerencia ineficiente é essa?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Gomes Júnior 07/08/2012 19:50
A GM está aguardando apenas uma mancada do Governo para demitir. Basta efetuar o aumento e muitos pais de familia irão para o olho da rua!Tem que aumentar a produtividade e não aumentar preços.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Gomes Júnior 07/08/2012 19:48
O problema é que a estatal não tem dinheiro para investir, e busca aumentar os combustíveis. Esta coroa deveria efetuar concessões, em vez de tentar algo que vai prejudicar a indústria nacional de automotores.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
15
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima