Mobile RSS

rss
Assine Já
Farmácia 28/07/2012

Pague Menos não vai mais receber pagamento com débito

A nova medida começa a valer na próxima quarta-feira, dia 1º de agosto. Os consumidores só poderão efetuar os pagamentos das faturas com dinheiro
Compartilhar


A partir do dia 1º de agosto, a rede de farmácias Pague Menos não vai mais receber pagamentos de faturas via débito em conta. Nas lojas já é possível encontrar avisos sobre a nova medida. Segundo a assessoria de comunicação da rede, essa decisão foi estratégica. A rede não quis dar mais detalhes do assunto.


O mesmo ocorreu em abril nas lojas da rede de supermercado Pão de Açúcar, que não recebe mais os pagamentos de contas, em cartões ou dinheiro, nos caixas. Por nota, a rede de supermercados informou que a decisão “está ligada ao posicionamento da bandeira”, mas o serviço continua sendo oferecido pela bandeira Extra, integrante do Grupo Pão de Açúcar.


A mudança pegou a publicitária Monique Alencar de surpresa. Ela costuma pagar as contas no débito nas farmácias. “Tem uma do lado da minha casa. É bem mais cômodo que banco. O meu plano de saúde, por exemplo, depois do vencimento só é aceito lá”, afirma.


A assessoria da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social disse que existem alternativas para os clientes que estão com receio de sair nas ruas com dinheiro. Esses clientes podem efetuar os pagamentos via internet ou cadastrar as contas no débito automático, cita a assessoria.


Conforme o pesquisador do Laboratório de Estudos da Violência, da Universidade Federal do Ceará (UFC), Élcio Batista, essa medida é um retrocesso. “O mundo caminha para o universo digital; ou seja, mais cartões e menos dinheiro vivo nas mãos. Essa mudança vai trazer prejuízo aos clientes”, declara.


Exigências

O Banco Central do Brasil implementou em 24 de fevereiro de 2011 a resolução n° 3.954, que exige a certificação profissional para os agentes de crédito até 2014. Esses profissionais trabalham para os 160 mil correspondentes do Brasil.

 

A certificação é conferido ao profissional que alcançar os níveis mínimos de qualificação exigidos pela legislação, para atuar em operação de crédito de pessoas físicas nos estabelecimentos.


Essa capacitação é feita pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em todos os estados. “Considerando que um correspondente pode dispor de dois ou três agentes de crédito, o universo de candidatos à certificação pode atingir 400 mil profissionais”, afirma o diretor Técnico da Febraban, Wilson Gutierrez.

 

O quê


ENTENDA A NOTÍCIA


O Banco Central está exigindo a capacitação dos profissionais que trabalham como correspondentes bancários em estabelecimentos que recebem contas. Estima-se que 400 mil profissionais estejam se capacitando.

 

Sugestão do leitor


Esta matéria foi sugerida por um leitor que não quis se identificar.

Para sugerir uma pauta, envie e-mail para

vocefazopovo@opovo.com.br

ou ligue para: 3255 6167 3255 6080

 

Saiba mais


Os treinamentos são disponibilizados pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e as provas são desenvolvidas pela Faculdade Getúlio Vargas (FGV) e aplicadas presencialmente em todo o Brasil.


O processo é dividido em quatro partes: inscrição do candidato, pagamento da inscrição, agendamento do exame e o recebimento do resultado. Após a aprovação, os profissionais receberão o certificado, com validade de cinco anos. O investimento é de R$ 230.


Nos exames, os candidatos devem ter noção de Sistema Financeiro Nacional (SFN) e Código de Defesa do Consumidor.


As inscrições podem ser feitas pelo site www.certificacaofebraban.com.br. Não é necessário ter nível superior para participar.

 

Compartilhar
espaço do leitor
Helton de Lima 16/08/2012 18:36
Alguém já sabe onde podemos pagar as contas no Cartão de Débito?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Sonia Lage 28/07/2012 08:30
Com relação ao pagamento das faturas da Pague Menos Serviços, como fica? Já não temos outra opção de pagamento além dos próprios caixas das farmácias, agora teremos que andar com o dinheiro na bolsa? Com cheque não é vantagem por termos que pagar antes do vencimento por causa da compensação.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
2
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima