Mobile RSS

rss
Assine Já
Diretoria do BNB 15/06/2012

Banco diz usar critério de "competência"

O ex-chefe de gabinete da presidência do BNB, Robério Gress, falou em entrevista exclusiva ao O POVO de ontem que os cargos de diretoria no banco são indicações políticas. A instituição afirma que critério de escolha é "competência"
Compartilhar


O Banco do Nordeste (BNB) rebate a acusação do ex-chefe de gabinete do banco, Robério Gress, de que os cargos de direção são preenchidos e sustentados por critérios político-partidários. A afirmação de Gress foi feita em entrevista exclusiva concedida ao O POVO e publicada na edição de ontem, 14.


“O Banco esclarece que tem pautado suas nomeações por critérios de competência e privilegiado os funcionários de carreira da instituição na composição de sua diretoria executiva”, respondeu ao O POVO, por meio de nota.


Gress foi exonerado dia 11 de junho, após reportagem da revista Época sobre investigação da Polícia Federal de desvio de mais R$ 100 milhões na instituição financeira. Gress afirma que não foi explicado o porquê de sua demissão.


Sobre os desvios, o BNB reafirmou que as irregularidades noticiadas já estavam sendo investigadas pelo próprio banco desde julho de 2011, e pelos órgãos de controle externo. “Os funcionários comprovadamente envolvidos em irregularidades já foram afastados de suas funções”, informou, sem citar os nomes dos afastados.


Sobre as investigações internas, a instituição afirmou que vai continuar desenvolvendo suas atividades de auditoria e apurar qualquer denúncia apresentada formalmente ao Banco do Nordeste na forma da lei.


Indicações

Na entrevista ao O POVO, Gress detalhou como funcionou o suposto esquema de indicação dos cargos. Os citados como responsáveis por indicar e sustentar pessoas foram os deputado federais José Guimarães e Eudes Xavier (ambos do PT-CE), além do secretário-adjunto executivo do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique. Políticos do PMDB também estão entre os que fizeram indicações.

 

Por telefone, a assessoria de imprensa de José Guimarães disse que o parlamentar prefere não comentar o assunto. O POVO tentou contato com Eudes Xavier. Até o fechamento desta edição, o telefone celular dele estava ocupado ou fora de área. O Ministério da Fazenda não deu retorno até o fechamento desta edição.


Como parte dessa rede de indicações foram citados José Sydrião Alencar, diretor de Gestão do Desenvolvimento; Stélio Gama Lira, diretor Administrativo e de Tecnologia da Informação; Fernando Passos, superintendente Financeiro de Mercados e Capitais; Paulo Sérgio Ferraro, diretor de Negócios, além de Luiz Carlos Everton, diretor dos Recursos de Terceiros.


O POVO entrou em contato com o Banco do Nordeste para ouvir cada um dos funcionários citados. A resposta foi dada por meio da nota citada nesta matéria.

 

O quê


ENTENDA A NOTÍCIA


A entrevista do ex-chefe de gabinete do BNB, Robério Gress, publicada ontem, trouxe à tona possíveis interferências políticas e disputas na gestão do banco, o que, segundo ele, estaria sendo prejudicial para a instituição.

 

Multimídia


Leia entrevista de Robério Gress

http://bit.ly/LNO5jv

 

Saiba mais


Abaixo-assinado a Dilma Rousseff

A presidente Dilma Rousseff deve receber na próxima semana um abaixo-assinado para pedir punição aos responsáveis pelas irregularidades no Banco do Nordeste (BNB) em investigação interna e pela Polícia Federal.


O documento é de responsabilidade da Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB), que está convocando os cerca de 6 mil funcionários do banco a aderir.


“Diante das denúncias de irregularidades em operações de crédito nesta instituição, reivindicamos a apuração dos fatos, o afastamento imediato e a punição exemplar dos culpados”, consta no documento, que também cobra “o fim das ingerências político-partidárias na administração do banco”. (AJ)

 

Andreh Jonathas andreh@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
Mundico Silva 16/06/2012 09:43
Ter os amigos certos nos lugares certos é um dos mandamentos da ética petista.Aparelhar orgãos para sugar verbas e cargos é procedimento mais que normal para essa alcatéia. Competência é algo que um petista nunca saberá o que representa,pois não existe na sua cartilha doutrinária.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Marcelo Barroso 15/06/2012 22:39
tem que ser PHD em falcatruas, licitacao ilícita, dentre outras habilidades. Vergonha!!!!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Cumbia Cumbero 15/06/2012 19:01
Imagine se não tivesse todo este sistema altamente criterioso de competência,como seria o esta instituição.Uma vergonha,um gaudério.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Cumbia Cumbero 15/06/2012 19:01
Imagine se não tivesse todo este sistema altamente criterioso de competência,como seria o esta instituição.Uma vergonha,um gaudério.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Mauricio 15/06/2012 14:48
Competência em saber roubar? Nisso os companheiros estão se especializando!!!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
12
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima