Mobile RSS

rss
Assine Já
Morada Nova 12/10/2013

Cinco morrem em acidente na BR-116 em Morada Nova

A colisão foi entre um caminhão e um micro-ônibus, na localidade de Boqueirão do Cesário. Cinco pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas
{'grupo': 'Especial para O POVO', 'id_autor': 16431, 'email': 'thiagopaiva@opovo.com.br', 'nome': 'Thiago Paiva '}
Thiago Paiva thiagopaiva@opovo.com.br
EDIMAR SOARES
Colisão foi no km 106 da BR-116, no entroncamento com a BR-304, em Morada Nova. Causas do acidente serão investigadas
Compartilhar

 

Cinco pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas após uma colisão entre um micro-ônibus e um caminhão-tanque, na madrugada de ontem, em Morada Nova, a 161 quilômetros de Fortaleza. O acidente ocorreu no km 106 da BR-116. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão seguia no sentido Capital-Interior, quando teria invadido a contramão. O veículo colidiu de frente com o transporte coletivo, que trafegava no sentido oposto. Quatro pessoas morreram no local. Outra vítima foi trazida de helicóptero para Fortaleza, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.


A colisão foi volta das 4 horas, no entroncamento com a BR-304, na localidade de Boqueirão do Cesário. Na ocasião, havia 14 passageiros no coletivo, que partiu de Tabuleiro do Norte em direção a Fortaleza. Já o motorista do caminhão estava sozinho e seguia, possivelmente, para Icó.


As vítimas que morreram no local do acidente foram identificadas como: José Vieira Teixeira, motorista do caminhão, de 64 anos; Antônio Machado Freire, 53; Francisco Rerysom Rodrigues, 24; e a fisioterapeuta Jerusa Maurício Maia, 54. Esses três últimos eram passageiros do coletivo.


O motorista do micro-ônibus Manoel Tomaz da Costa Filho foi trazido numa aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) para o Instituto Doutor José Frota (IJF), na Capital. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu por volta do meio-dia.


Uma passageira identificada como Maria Cecília Costa também foi trazida para o IJF, numa ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Até o fechamento desta matéria, a mulher estava internada, em estado gravíssimo, segundo aa assessoria de imprensa do hospital. Outros três feridos, de menor complexidade, foram levados para o Hospital Municipal de Russas.


Perícia


Conforme a assessoria de imprensa da PRF, três possibilidades estão sendo investigadas como causas do acidente: ultrapassagem mal sucedida (já que a manobra ocorreu em local permitido), cochilo, ou mal súbito por parte do condutor do caminhão. A causa real deverá ser apontada por perícia realizada pela Polícia Civil. O laudo deverá ficar pronto em 30 dias.

 

Serviço

Em caso de acidentes nas rodovias federais do Ceará, ligue: 191

 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima