Mobile RSS

rss
Assine Já
Segunda Etapa 24/08/2013

Saiba como se inscrever no programa "Mais Médicos"

As inscrições para médicos e municípios seguem até o dia 30 deste mês. Confira as regras e o calendário para a segunda etapa do programa
Lucinthya Gomes lucinthya@opovo.com.br
Compartilhar


Até a próxima sexta-feira, 30 de agosto, serão realizadas inscrições de médicos e municípios na segunda etapa do programa “Mais Médicos para o Brasil”, do Governo Federal. As inscrições devem ser realizadas no site do programa. Segundo calendário divulgado pelo Ministério da Saúde, já no dia 2 de setembro, será divulgada a lista dos municípios que conseguiram adesão.


Ainda de acordo com o calendário, os médicos que conseguirem homologar a inscrição, atendendo aos requisitos, iniciarão as atividades no dia 14 de outubro, se forem formados no Brasil ou com diploma revalidado, e no dia 28 de outubro, caso sejam formados no Exterior.


Eles atuarão nas unidades básicas de saúde nas regiões prioritárias do SUS. O Ministério da Saúde dará prioridade aos médicos brasileiros. Os profissionais que têm registro profissional de outros países só serão chamados a ocupar os postos ociosos.


O programa terá validade de três anos, prorrogáveis por mais três. Durante o período, os profissionais serão supervisionados por uma universidade e poderão cursar especialização em atenção básica.


A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, para as quais os médicos terão direito a bolsa de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde. Além disso, os profissionais terão ajuda de custo para moradia e alimentação, o que será responsabilidade dos municípios. Também serão custeadas as despesas com passagens do médico participante e de sua família.


Antes de começarem a trabalhar, os médicos estrangeiros participarão de módulo de acolhimento e avaliação, por três semanas, com carga horária de 120 horas.


Todos os Municípios podem participar do Programa, mas a prioridade é destinada às regiões de maior vulnerabilidade social, ou seja, áreas com os maiores percentuais de população em extrema pobreza e Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis).


Primeira etapa

Na primeira etapa do Programa, foi registrada a adesão de 3.511 municípios, gerando 15.460 vagas. Ao final da seleção, 1.618 profissionais confirmaram participação, e vão atuar em 579 municípios e 18 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis). Os brasileiros selecionados na primeira fase já devem começar a atuar no próximo dia 2 de setembro, e os estrangeiros, a partir da segunda quinzena do mesmo mês.

 

Segundo o Ministério da Saúde, o edital para a contratação de médicos será reaberto mensalmente durante três anos ou até que a demanda apresentada pelos municípios seja atendida. Já para municípios, após essa chamada, a previsão é que seja aberto novo edital somente no final do ano.

 

Por quê


ENTENDA A NOTÍCIA


O objetivo do Governo Federal com o Programa é atender a população de forma imediata até que as ações de ampliação da formação de médicos - que dura pelo menos seis anos - deem resultados. Contudo, o Programa gera polêmica.


> TAGS: saúde cubanos
Compartilhar
espaço do leitor
Maria Inês Nolêto 26/08/2013 20:53
Não estou conseguindo fazer inscrição , no envio do CRM e Diploma a pagina carrega ate 50% e para, o que fazer?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais lidas