Mobile RSS

rss
Assine Já
Pânico 08/07/2013

Incêndio em favela de São Paulo deixa três pessoas mortas

O fogo atingiu 60% da comunidade da Ilha, na Zona Sul paulistana. Um hospital ao lado não foi atingido
Compartilhar

Um incêndio de grande proporção atingiu na madrugada de ontem uma favela, conhecida como comunidade da Ilha, na região de Heliópolis, Zona Sul da capital paulista. Três pessoas morreram e oito ficaram feridas, duas delas em estado grave, segundo Marcos Palumbo, chefe da comunicação do Corpo de Bombeiros de São Paulo.

 

O fogo começou por volta da 1 hora em um barraco da favela na avenida Almirante Delamare e se espalhou rapidamente. Por volta de 22 equipes, cerca de 60 homens, trabalharam no combate às chamas, que foram controladas às 4 horas. Relatos preliminares dos bombeiros indicam que as labaredas atingiram uma área de cerca de 300 metros.


Um hospital, que fica ao lado da favela, não foi atingido pelo fogo e nenhum paciente precisou ser removido devido a fumaça. Segundo os bombeiros, as causas do incêndio serão investigadas. Mas, moradores da favela comentaram que a queda de um balão junino teria iniciado o incêndio.


Segundo o subprefeito do bairro do Ipiranga, Luiz Henrique Girardi, pelo menos 60% da favela foi atingida pelo fogo e 17 moradores buscaram atendimento no hospital de Heliópolis, vizinho à favela.


Funcionários da Prefeitura foram até a quadra da escola de samba Imperador do Ipiranga, próximo do local do incêndio, para preparar o cadastro dos moradores afetados para a distribuição de cobertores, colchões, cestas básicas de alimentos e kits de higiene.


Segundo Girardi, a subprefeitura ainda estava ontem sem o número de moradores afetados, mas estudava um local para a abertura de um abrigo. “Já deu para perceber pelo número de pessoas que nem todos terão casas de parentes para se abrigar, precisamos nos preparar para o pior”, disse.

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima