Mobile RSS

rss
Assine Já
Internet 06/08/2012

Facebook vai apoiar cisternas para1,5 milhão de pessoas

Por meio do Facebook, o usuário poderá curtir o projeto Colhendo a Chuva, indicá-lo a um amigo ou fazer ele próprio uma doação. A proposta visa apoiar o projeto da Articulação do Semiárido (Asa)
LUCIANA LIMA/ABR
Boa parte da população do Semiárido ainda depende da chuva para ter acesso a água. Quando não há cisterna, a captação é feita em reservatórios pouco apropriados
Compartilhar


Um projeto que busca a construção de pelo menos 500 mil cisternas nos próximos anos no Semiárido brasileiro, para oferecer água de qualidade a 1,5 milhão de pessoas, poderá contar com o apoio, a partir desta segunda-feira, de usuários da rede social Facebook. Na linha do “clique para plantar uma árvore”, que mobilizou milhares de pessoas há alguns anos, um punhado de “curtir” levará à construção de uma cisterna.


A iniciativa, que visa apoiar o projeto da Articulação do Semiárido (Asa), uma rede que congrega várias ONGs, é do Instituto Pepsico, organização sem fins lucrativos ligada à empresa de mesmo nome. Na página da Pepsico no Facebook, o usuário poderá curtir o projeto Colhendo a Chuva, indicá-lo a um amigo ou fazer ele próprio uma doação.


Essas iniciativas somadas vão gerando “asinhas” (”curtir” vale uma, convidar amigo, três, e a doação de R$ 5 rende 10 asinhas). Quando alcançadas duas mil, uma cisterna de 16 mil litros, que custa cerca de R$ 2,5 mil, será construída.


Para Naidson Batista, diretor da ASA, além de conseguir a produção de mais reservatórios de água da chuva, o maior ganho do projeto é o de informar sobre as condições da região e do povo que nela vive.


“As pessoas do Sul e do Sudeste ainda pensam no Semiárido como um terra inóspita, improdutiva, de gente que precisa de esmola. Mas temos inteligência e estamos resolvendo nossos problemas. Espero que a campanha ajude a mudar essa imagem”, disse.


Nessa região, vivem 22 milhões de pessoas, que representam 11,8% da população brasileira, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar do enorme potencial da natureza e do seu povo, o Semiárido é marcado por grandes desigualdades sociais. Segundo o Ministério da Integração Nacional mais da metade, 58%, da população pobre do País vive na região. (Agência Estado)

 

Onde


ENTENDA A NOTÍCIA

 

Segundo o Ministério da Integração, o Semiárido brasileiro abrange uma área de 969.589,4 km² e compreende nove estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

 

Saiba mais


A página da campanha no Facebook é: www.facebook.com/PepsiCoBrasil


Atualmente, 67% das famílias rurais nos estados que compõem o Semiárido estão sem acesso à rede geral de abastecimento hídrico, sendo que 43% utilizam poços ou nascentes, e 24%, outras formas de acessar a água, que compreendem buscas em fontes distantes, com longas caminhadas diárias.


Ter reservatórios para captar e armazenar água é fundamental para garantir segurança hídrica no período de estiagem, a exemplo das cisternas domésticas, cisternas-calçadão, barragens subterrâneas e dos tanques

 

Compartilhar
espaço do leitor
Chef Clovis Lima 06/08/2012 10:16
a noticia é boa mas o q temos q curtir?a foto ou a pagina da pepsi?nao esta bem claro o q devemos fazer pra ajudar onde indicar amigos fica dificil sem 1 link so tem o da pepsi mas la nao diz nada sobre o q devemos fazer fica dificil ajudar assim ne
Este comentário é inapropriado?Denuncie
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor: