Mobile RSS

rss
Assine Já
EUA 12/09/2012 - 09h54

Médica é acusada de homicídio após injetar silicone em pênis de paciente

Compartilhar

Uma médica é acusada do assassinato de um jovem de 22 anos que foi operado em um suposto tratamento para alargar o pênis em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Segundo informações do site NK.com, Kasia Rivera, 35 anos, se declarou inocente do crime de homicídio por negligência no tratamento de Justin Street, que tinha recebido panfletos sobre o tratamento.

Ainda de acordo com a publicação, o jovem teve uma embolia causada pelo silicone no sangue e morreu um dia depois de ser ter recebido uma injeção do produto diretamente na genital.

A médica teve a fiança estimada em quase 150 mil reais e pode pegar até dez anos de prisão, caso seja condenada. Os promotores de justiça acreditam que ela pode ter feito o mesmo procedimento em outras pessoas.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
João Roberto 13/09/2012 10:51
SÉRGIO ROCHA LIMA ESSE SEU COMENTARIO TEM TUDO HAVER COM O ASSUNTO DA MATERIA, ESTA DE PARABENS
Este comentário é inapropriado?Denuncie
SÉRGIO ROCHA LIMA 12/09/2012 12:06
Queria saber se tamos na Inglaterra ou nos EUA,para essas faixas se chamarem BRS(bus rapid sistem)!!! Não poderiam se chamarSRO(sistema rápido de ônibus)? Vai gostar de ser colonizado assim,na casa do careca!!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
2
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Mais Notícias

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Mundo

Powered by Feedburner/Google

Facebook

Mobile RSS

rss
Assine Já