Mobile RSS

rss
Assine Já
DESERTOR 06/08/2012 - 08h32

Primeiro-ministro sírio se une à rebelião e denuncia 'genocídio'

Compartilhar

DUBAI, 6 Ago 2012 (AFP) - O primeiro-ministro sírio Riad Hijab desertou e se uniu à rebelião, afirmou o porta-voz do político ao canal de televisão Al-Jazeera (Qatar).

O primeiro-ministro tomou sua decisão pelos "crimes de guerra e pelo genocídio" cometidos pelo regime de Bashar al-Assad, afirmou o porta-voz, Mohamed Otri, em declarações feitas da Jordânia, antes de afirmar que Hijab está em um "local seguro" com a família.

No comunicado que Otri leu em nome de Hijab, o primeiro-ministro sírio declarou: "Anuncio minha deserção do regime assassino e terrorista e me uno à fileira da rebelião para virar um de seus soldados".

Antes, o porta-voz afirmou que a Síria passa por "circunstâncias terríveis, marcadas pelos piores crimes de guerra, de genocídio contra um povo sem armas".

Segundo a Al-Jazeera, Riad está refugiado na Jordânia.

O Conselho Nacional Sírio, principal coalizão de oposição, celebrou a deserção do primeiro-ministro e a considerou um sinal de "decomposição" do regime.

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor no:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Mais Notícias

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Mundo

Powered by Feedburner/Google

Facebook

Mais comentadas

anterior

próxima

Mobile RSS

rss
Assine Já