Mobile RSS

rss
Assine Já
SOB INVESTIGAÇÃO 06/06/2012 - 09h13

Menino acorda em seu próprio velório no Pará

O velório da criança ocorreu no sábado, 2, e o que aconteceu durante, chocou os presentes, o pai do menino supostamente morto, falou que ele acordou e pediu água
Compartilhar

O caso de um garoto que acordou em seu próprio velório está sendo investigado pela Polícia Civil de Belém do Pará. O menino Kelvin Santos, de 2 anos e três meses, foi dado como morto pelo Hospital Abelardo Santos, no distrito de Icoaraci. De acordo com o laudo médico, a causa da morte foi insuficiência respiratória, desidratação e broncopneumonia.

O velório da criança ocorreu no sábado, 2, e o que aconteceu chocou os presentes. O pai do menino supostamente morto disse que ele acordou e falou que queria água. Os parentes chegaram a comentar antes do ocorrido que o garoto parecia respirar. Em seguida o menino foi levado pela família até uma unidade de saúde próxima ao local do velório, mas  já teria chegado à unidade morto. De acordo com o pai, Antônio Santos, o médico fez uma nova avaliação e garantiu que realmente o menino não estava vivo.

Kelvin foi enterrado no fim da tarde do sábado. A família ainda tentou adiar o sepultamento para ver se ele levantava novamente. O pai conta que levou o menino ao hospital onde ele foi internado às 15h34 da última sexta-feira, 1º, com quadro de febre e falta de ar.

O garoto ainda teria sofrido uma parada cardiorrespiratória durante a noite, quando já estava no hospital. O atestado de óbito mostra que ele faleceu às 19h40. O hospital ainda ajudou no funeral da criança, porque a família não tinha condições de pagar pelos custos do enterro.

O pai responsabiliza o Hospital Aberaldo Santos pela avaliação da criança. Ele registrou uma ocorrência policial na delegacia de Icoaraci para esclarecer o caso. A Secretaria Estadual de Saúde disse que a criança chegou em estado grave ao hospital e foram feitos todos os procedimentos de reanimação, porém ele não resistiu. A secretaria confirma as informações prestadas na declaração de óbito.

 

Redação O Povo Online

Compartilhar
espaço do leitor
valdenir 06/06/2012 13:34
O MENINO DEVIA OSBRER DE CATALEPSIA E OS PAIS NÃO SABIAM.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
André 06/06/2012 13:31
Muitos médicos de hoje se formam somente pensando em recuperar o tempo perdido e em ganhar dinheiro,não estudam mais dó passam o tempo pensando em dinheiro,dinheiro e finheiro,e o povo que se prejudica com esses diplomas de parede.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
leo 06/06/2012 12:58
o video já esta no you tub http://www.youtube.com/watch?v=YNHW4nAfoDw
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Venício Silva 06/06/2012 12:50
Excelentes cometários, Sérgio Rocha Lima.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Helber 06/06/2012 11:13
Eu ainda deixaria o bichim uns 7 dias em casa até ter certeza...
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
7
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Mais Notícias

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Brasil

Powered by Feedburner/Google

Facebook

Mais comentadas

anterior

próxima

24h|48h Últimas

Mobile RSS

rss
Assine Já