Veículos 18/07/2016 - 09h32

Número de participantes do setor de veículos leves cresce 8,7% de janeiro de 2015 a maio de 2016

Com volume crescente de 2,99 milhões, em janeiro de 2015, para 3,25 milhões, em maio deste ano, o setor retrata o interesse do consumidor pelo mecanismo para adquirir automóveis, utilitários e camionetas
Compartilhar

O balanço do Sistema de Consórcios, fechado até maio último, registrou estabilidade no número de participantes ativos em 7,1 milhões em relação ao mesmo mês do ano passado, apesar da retração de 12,1% apontada nas adesões, que somaram 846,3 mil (jan-mai/2016) contra as 962,5 mil (jan-mai/2015) anteriores.

Os consórcios de veículos leves, com uma história de mais de 50 anos, é um exemplo dessa constância. Com volume crescente de 2,99 milhões, em janeiro de 2015, para 3,25 milhões, em maio deste ano, o setor retrata o interesse do consumidor pelo mecanismo para adquirir automóveis, utilitários e camionetas. Nesse período aumentou 8,7%.

Paralelamente, a redução de 16,1% nos créditos comercializados nos cinco primeiros meses deste ano em relação a 2015, com volume de R$ 29,11 bilhões inferior aos R$ 34,69 bilhões de um ano antes, é justificada também pela diminuição do tíquete médio. Enquanto em maio de 2015 era de R$ 38,1 mil, neste ano chegou a R$ 36,8 mil, uma retração de 3,4%.

Já os créditos concedidos mostraram-se estáveis em R$ 17,1 bilhões nos cinco meses deste ano comparados ao mesmo período de 2015. Contudo, as contemplações acumularam 571,8 mil (jan-mai/2016), 4,4% menor que as 598,2 mil (jan-mai/2015) anteriores.

 

 

Redação O Povo 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google