novo segmento 07/08/2015 - 17h34

Fabricantes de 'carrões' investem no mercado mobiliário

Ao criar seus próprios móveis, a indústria automobilística acaba por expandir seu domínio
divulgação
Sofá Imola assinado por Tonino Lamborghini
Compartilhar

Lamborghini, Bentley ou um Aston Martin são veículos com identidades tão marcantes, que podem ter suas características levadas para além do que a indústria automobilística comumente produz.

A prova é que, desde 2011, grande grifes automotivas passaram a investir em escritórios de design e a manter parcerias com fabricantes de móveis para fabricar mesas, luminárias, poltronas e até galheteiros assinados por elas.

O estúdio Peugeot Design Lab, por exemplo, criou seu sofá Onyx. O móvel com 3 metros de comprimento utiliza como matéria-prima uma mistura de carbono e de lava vulcânica.

Ao criar seus próprios móveis, a indústria do ramo acaba por expandir seu domínio e a inovação do mercado mobiliário.

Sofá Onyx, do Peugeot Design Lab, custa cerca de 135 mil euros

 

 

 

 

 

 

A DS, divisão de luxo da Citroën, também levou características de sua linha de produção para uma coleção de bolsas, roupas e móveis feita pelos mesmos profissionais que desenham os veículos.

Há quatro anos, a Formitalia cuida de peças de casa e escritório da Interiors by Aston Martin. O grupo também fabrica os móveis assinados por Tonino Lamborghini.

Cama VI47 da Aston Martin

 

 

 

 

 

 

 

Apesar de algumas críticas, o mercado está apostando "todas as cartas" no segmento.

>> Leia mais sobre carros e motos.

Redação O POVO Online
 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google