Turismo 23/08/2016 - 12h30

Setor da aviação no Brasil registra queda de 6,49% em julho

A demanda por viagens internacionais, considerando as empresas brasileiras, teve recuo de 4,26% em julho deste ano frente a julho de 2015, na quinta queda mensal consecutiva
Compartilhar

O setor da aviação no Brasil registrou queda de 6,49% na demanda no mês de julho, comparado com o mesmo período do ano passado. A oferta, por sua vez, retraiu 7,78%, fazendo com que o aproveitamento das poltronas disponíveis nas aeronaves subisse 1,16 ponto percentual, para 84,59%.

Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) na manhã desta terça-feira, 23. A divulgação também considerou a variação entre os acumulados do ano de 2015 e 2016, de janeiro a julho, que foi de 6,63%.

A demanda por viagens internacionais, considerando as empresas brasileiras, teve recuo de 4,26% em julho deste ano frente a julho de 2015, na quinta queda mensal consecutiva. A oferta de bilhetes diminuiu ainda mais, a 7,71%, fazendo com que o aproveitamento crescesse 3,09 pontos percentuais, chegando a 86,02%.

No mercado doméstico, a Gol lidera na participação de mercado considerando passageiros-quilômetros viajados, com 36,87%, seguida pela Latam (35,61%), Azul (16,46%) e Avianca (11,06%). Nos voos internacionais, a Latam se mantém confortavelmente no topo, com 77,9%, e seguida pela Gol, com 12,63%.

Durante a divulgação, Eduardo Sanovicz, presidente da Associação, disse que a tendência é que o setor continue registrando queda até pelo menos o fim do ano e que não se deve esperar recuperação até o fim de 2017.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Facebook

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google