LANÇAMENTO 06/02/2015 - 14h19

Yamaha MT-07 chega ao Brasil por R$ 26.990

Naked bicilíndrica, fabricada em Manaus, será comercializada a partir de março. Modelo com freios ABS custará R$ 28.490
divulgação
Naked estará disponível nas cores branca, preta fosca ou vermelha
Compartilhar

A Yamaha mantém seu ritmo de lançamento e apresentou nesta sexta-feira, 6, a inédita naked MT-07 para o mercado brasileiro.

O modelo bicilíndrico de 74,8 cv, fabricado em Manaus, custará R$ 26.990, para a versão sem freios ABS, e R$ 28.490, com ABS. O objetivo da fabricante é colocar a moto, que será comercializada a partir do final de março, entre as mais vendidas do segmento naked no País.

A marca pretende produzir, nos primeiros meses, aproximadamente 450 unidades da MT-07 mensalmente, que estará disponível nas cores branca, preta fosca ou vermelha.

O modelo faz parte da nova gama de produtos da Yamaha, que foi iniciada com o lançamento da MT-09, naked da qual a MT-07 compartilha muito do visual e da mecânica, ressaltando apenas como principal diferencial o motor, que é menor em performance.

A MT-09 vem com um motor tricilíndrico de 847 cc, enquanto que a MT-07 aposta em um bicilíndrico de 689 cc, com capacidade de gerar 74,8 cavalos a 9.000 rpm e 6,9 kgfm a 6.500 rpm.

Oferecendo o ABS como opcional, o lançamento da Yamaha ainda vem com câmbio de seis marchas e tanque de combustível com capacidade de até 14 litros.

>> Leia mais sobre carros e motos.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Diony 06/02/2015 20:28
Bela maquina. Estou ancioso para testa-la enquanto isso vou sonhar mais um pouco e trabalhar para compra-la.
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Facebook

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google