ESTREIA 20/10/2014 - 15h38

Shineray inaugura fábrica no Brasil

Nova planta de motocicletas será inaugurada em dezembro de 2014, na área do Complexo Industrial Portuário de Suape, em Pernambuco
divulgação
Montadora terá uma área construída de 60 mil m² e contará com laboratórios de testes, montagem, armazenagem e qualidade; e pista para motos on road, off road e street
Compartilhar

A Shineray investiu R$ 130 milhões para inaugurar, na primeira quinzena de dezembro de 2014, a sua primeira fábrica de motos fora da China, se tornando a primeira marca no Brasil a fabricar motos fora da zona franca de Manaus.

A unidade, que já está em fase final de construção na área portuária de Suape, em Recife, Pernambuco, conta com uma área de 156 mil m² e terá capacidade produtiva de 250 mil unidades anuais de 19 diferentes veículos, entre ciclomotores, motos, triciclos e quadriciclos. 

A montagem dos veículos de duas e três rodas será feita com peças trazidas da China, sobre chassi nacional e cerca de 250 pessoas serão empregadas para trabalhar na nova instalação em dois turnos.

De acordo com Paulo Perez, diretor executivo da Shineray, a expectativa é de que seja mantido um nível de 80% de nacionalização, percentual estipulado por contrato com os chineses.

Atualmente, a Shineray comercializa modelos produzidos em Chongging, na China, em 236 concessionárias. Em 2014, só no Brasil, foram emplacadas 8.412 motocicletas, levando a marca para a 5ª posição no ranking de fabricantes que mais vendem motos no Brasil.

>> Leia mais sobre carros e motos.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Facebook

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google