NEGOCIAÇÃO 16/10/2014 - 15h55

Veja dicas para conseguir o melhor preço em um carro novo

A revista Auto Esporte enumerou uma lista com sete maneiras que facilitam a negociação durante a compra de um 0 km
divulgação
Comprar um veículo exige preparo para fechar o melhor negócio
Compartilhar

Comprar um carro novo é uma tarefa que exige muita atenção e disponibilidade para pesquisa de preços.

A busca para fechar o melhor negócio, no entanto, nem sempre é tranquila e um auxílio de terceiros é sempre uma boa pedida.

Para agilizar a procura exaustiva, segue um guia rápido com 7 dicas importantes para aqueles que planejam adquirir um carro novo:

1 - Visite as concessionárias no fim do mês

Este período pode ser ser mais interessante, levando em conta que os vendedores estão dispostos a bater metas de vendas, tornando a negociação mais fléxivel. As tabelas de valores sugeridos também costumam sofrer alteração, leia-se aumento, no começo e não no final do mês;

2 - Avalie seu usado antes da troca

É importante fazer previamente uma pesquisa de mercado para saber quanto seu carro vale. Caso opte pela troca na própria concessionária, providencie antes um laudo técnico do veículo e apresente ao avaliador da loja antes de fechar o negócio. Embora renda menos dinheiro, vender para a concessionária, na maioria das vezes, rende menos dor de cabeça do que vender para particulares;

3 - Pechinche por brindes

A grande maioria das lijas já oferece o tapete para proprietários de carros novos, portanto, pechinche principalmente por itens mais caros, como película escurecedora ou por equipamentos como sensor de estacionamento. Também esteja sempre atento a promoções, como pagamento integral do IPVA;

4 - Carro saindo de linha pode valer a pena

Se você não se preocupa em ter o carro do ano e foca principalmente no custo financeiro, adquirir um 0 km, que está saindo de linha, pode valer a pena sim.
Os descontos para estes veículos costumam ser significantes e os vendedores tendem a oferecer brindes e descontos com mais facilidade;

5 - "Taxa zero" não existe

No pagamento existem várias taxas incluídas, como a de financiamento, o Imposto sobre Operação de Crédito (IOF) e uma Taxa de Cadastro (TC) que é cobrada muitas vezes para iniciar um relacionamento com o banco. Antes de efetuar a compra do veículo, exija o Custo Efetivo Total (CET), um documento em que constam todos os valores que serão cobrados;

6 - Atenção às taxas que não podem ser cobradas

Tarifa de Abertura de Crédito (TAC), Tarifa de Emissão de Carnês (TEC), TEB (Tarifa de Emissão de Boleto), TLA (Tarifa de Liquidação Antecipada), taxa de retorno, tarifa de análise de crédito e tarifas de cessão são algumas taxas que não as lojas podem cobrar. Lembre-se de solicitar o CET da compra antes de fechar o negócio;

7 - Pesquise formas de financiamento

Não aceite "de cara" o primeiro financiamento que oferecerem, pois não há uma taxa única. Pesquise quais bancos oferecem as melhores condições, pois estas podem variar de um valor próximo a zero até mais de 10% do valor do veículo. Lembre-se que a nova lei que entrou em vigor permite a mudança de banco durante o financimento para aproveitar taxas mais baixas. Embora alguns encargos possam vir a ser cobrados, há mais liberdade de negociação, no momento em que pode ser feita mesmo após o fechamento do negócio.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Facebook

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google