BANCO DE DESENVOLVIMENTO DOS BRICS 16/07/2014 - 08h30

Brasil teve de abdicar de presidência e sede do Banco dos Brics

Compartilhar


O ministro da Fazenda, Guido Mantega, justificou em entrevista coletiva, os motivos das escolhas da localização e presidência do Banco de Desenvolvimento dos Brics. Inicialmente, o Brasil teve de ceder, já que não ficou com os cargos de maior relevância.


“Dadas as atribuições de acordo com as aptidões. Sabemos que Xangai (onde será a sede) vai se tornar um grande centro financeiro. Então, você está perto de dinheiro, perto de uma potência asiática. Mas nós vamos ter também os escritórios regionais, na África do Sul. Na verdade, os Brics representam quatro continentes: África, América, Ásia e Europa. Então, há vários países africanos que querem financiar investimentos. Portanto, faz todo sentido ter um escritório regional lá. No Brasil, os países da América Latina querem também financiamento para investimento e nos temos dificuldade em dar financiamento através do BNDES, que têm conseguido, mas é melhor ter um banco como o dos Brics para fazer isso”, argumentou Mantega.


Perguntada também sobre as decisões das atribuições do Banco do Brics, a presidente Dilma Rousseff afirmou que não há hegemonia entre os países dentro do grupo e que haverá rotatividade de presidência e demais cargos a cada cinco anos.


“Como foi a Índia quem propôs o banco, é justo que a presidência fique com ela”, afirmou. Sobre a sede, afirmou que Xangai foi escolhida em virtude de ser o centro financeiro da China, o 2º PIB do planeta e maior economia do Brics.


Mantega afirmou que o mais importante do banco é a participação acionária, que é igualitária entre os países. Afirmou que, mesmo que outros sócios entrem, os Brics terão sempre, pelo menos, 55% das ações.


“A presidência não tem a menor importância, mas sim, o controle acionário, que é dividido por igual entre os cinco países”. (Andreh Jonathas)

 

FOTOGRAFIAS

Registros do encontro no Facebook


1) Políticos cearenses registraram o encontro dos Brics e publicaram fotos no Facebook. O secretário do Turismo, Bismarck Maia, fez self no almoço e festejou: “Um cearense de Aracati sentado a duas mesas da Sra. Presidente, do Pres. Putin, da Rússia, da China, da África do Sul e Pr Min da África do Sul. Viva!” Na foto acima, fez self de metade do rosto, com governantes dos Brics ao fundo. 2) Já o governador Cid Gomes, discretamente, fez foto da mesa do evento.

 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google