4,4% DAS EXPORTAÇÕES 11/07/2014

China corresponde a 26,3% das importações cearenses

Compartilhar


Em 2013, os produtos chineses tiveram uma participação de 26,3% das importações cearenses. E de 4,4% das exportações do Estado, segundo o estudo “Relações Comerciais com a China”, do Centro Internacional de negócios (CIN/Fiec). Na pauta de importações estão, principalmente, ferro fundido, aço, máquinas e produtos químicos. Enquanto o Ceará envia para a China peles e couros, alimentos e minérios.


Alcântara Macedo, presidente do conselho de administração da Silat, destaca como uma das vantagens competitivas do Ceará, no comércio coma China, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém. “Temos um polo metalomecânico em franco desenvolvimento, com a CSP, Silat, a Aço Cearense, além do o Porto do Pecém, de onde está saindo uma grande exportação de frutas. De modo que o complexo é fundamental”.


Para Cláudio Aguiar, professor do Ibmec-MG, a grande vantagem de comercializar com a China está no tamanho do seu mercado consumidor, que oferece oportunidades para exportadores e importadores, “principalmente nos setores de alimentos e commodities minerais”.


Conforme a relação entre Brasil e China se torne mais madura, Aguiar diz que os dois países deverão estabelecer acordos comerciais que tratem de preferências tarifárias e negociações para reconhecimento mútuo de padrões de certificações. (BC)

> TAGS: 0
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google