25/08/2016 - 08h30

Irã e Equador discutem formas de estabilizar preços do petróleo, diz ministro

notícia 0 comentários

Irã e Equador estão discutindo formas de estabilizar os preços do petróleo, segundo autoridades equatorianas, após planos de Teerã de participar de discussões no próximo mês reavivarem esperanças de que os iranianos poderão participar de esforços para congelar a produção da commodity.

Em comunicado divulgado ontem à noite em sua página na internet, o ministro de Relações Exteriores do Equador, Guillaume Long, disse que discutiu a "estabilização dos preços do petróleo" com seu colega iraniano de mesma pasta, Mohammad Javad Zarif, na capital do país, Quito.

"Países-membros da (Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Opep) têm muita proximidade com nossa abordagem", disse Long, enquanto Zarif defendeu que as nações "continuem as conversas dentro da Opep".

Nesta semana, o Irã disse a parceiros da Opep que pretende participar de uma reunião informal marcada para o fim de setembro em Argel, capital da Argélia, e que ocorrerá às margens do Fórum Internacional de Energia. Teerã não adiantou que posição planeja adotar. Qualquer iniciativa para limitar a produção da Opep tende a impulsionar os preços do petróleo, que estão em trajetória de queda há mais de dois anos.

Anteriormente, Irã alegava que queria atingir primeiro os níveis de produção que exibia antes de sofrer sanções internacionais - suspensas no começo do ano - para participar de um eventual acordo de congelamento da produção. A postura dos iranianos acabou comprometendo um acerto anterior de limitar a produção, anunciado no Catar am abril.

Enquanto isso, o ministro de Energia da Argélia, Noureddine Boutarfa, discutiu sobre os mercados de petróleo com o embaixador iraquiano em Argel, Abdurrahmane Al-Husseini, de acordo com a agência de notícias estatal argelina APS.

Assim como o Irã, Argélia e Iraque também deram sinais de que planejavam elevar sua produção, embora ambos os países apoiem eventuais limites à produção da Opep. Fonte: Dow Jones Newswires.

ESTADÃO conteúdo

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google