08/08/2016 - 04h40

Exportações da China têm 4ª queda anual seguida em julho

notícia 0 comentários

As exportações da China medidas em dólares continuaram a cair em julho, à medida que a demanda global por bens da segunda maior economia do mundo se manteve fraca. Na comparação anual, as exportações chinesas tiveram queda de 4,4% em julho, a quarta consecutiva, segundo dados publicados hoje pela Administração Geral de Alfândega do país. Em junho, as exportações do país haviam recuado em ritmo anual um pouco mais forte, de 4,8%.

Os números sugerem que os embarques externos da China, que já foram um importante fator de crescimento, continuam prejudicando o desempenho geral da economia.

O resultado das exportações em julho veio pior do que o esperado por 17 economistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda anual de 3,6%.

Já as importações chinesas sofreram uma redução anual de 12,5% em julho, maior que o declínio de 8,4% verificado em junho e também mais intensa que a queda de 8,9% projetada pelo mercado.

O superávit comercial da China se ampliou para US$ 52,31 bilhões em julho, de US$ 48,11 bilhões em junho, superando a previsão dos economistas, que era de saldo positivo menor, de US$ 48 bilhões. Fonte: Dow Jones Newswires.

ESTADÃO conteúdo

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google