29/07/2016 - 05h20

BoJ mantém juros e compras de JGBs inalterados, mas eleva aquisição de ETFs

notícia 0 comentários

O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) tomou hoje uma medida adicional de relaxamento monetário considerada surpreendentemente modesta, mas indicou com clareza que a decisão foi feita de forma coordenada com o governo do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, numa tentativa de combater a ameaça da deflação e reativar a economia do país asiático.

Após reunião de política monetária iniciada ontem, o BC japonês anunciou nesta sexta-feira que irá aumentar o volume de fundos de índices de ações (ETFs, na sigla em inglês) que compra anualmente, de 3,3 trilhões de ienes para 6 trilhões de ienes, como parte de uma estratégia para proteger a economia japonesa de incertezas causadas pela decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia (o chamado "Brexit"), em plebiscito realizado no mês passado.

A medida foi aprovada por sete dos nove dirigentes do comitê de política monetária do BoJ.

O BoJ afirmou que decidiu elevar as compras de ETFs para "evitar que essas incertezas levem à deterioração da confiança das empresas e consumidores" no Japão, entre outros objetivos.

Por outro lado, o BC japonês decidiu deixar inalterado o montante anual de compras de bônus do governo (JGBs) - seu principal instrumento de política monetária -, em 80 trilhões de ienes.

Também numa votação por 7 a 2, o BoJ manteve inalterada a taxa cobrada sobre certos depósitos bancários em -0,1%. Essa taxa negativa, que está em vigor desde fevereiro, gerou forte controvérsia no Japão, em especial no setor bancário.

"O (BoJ) acredita que essas medidas de política monetária e as iniciativas do governo irão produzir efeitos de sinergia na economia", ressaltou o BC japonês, numa referência a um esperado pacote fiscal do governo.

Na última quarta-feira, Abe revelou que anunciará na próxima semana um novo pacote econômico com valor superior a 28 trilhões de ienes. Fonte: Dow Jones Newswires.

ESTADÃO conteúdo

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google