Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
SEMINÁRIO 04/09/2016 - 18h11

Os desafios de empreender no mercado de festas infantis

Priscylla Brasileiro, criadora do blog Querida Data, levou ao público dicas de como customizar e decorar festas para os pequenos, no Shopping RioMar
{'grupo': '', 'id_autor': 19043, 'email': 'ligiacosta@opovo.com.br', 'nome': 'L\xedgia Costa'}
Lígia Costa ligiacosta@opovo.com.br
O POVO
Compartilhar

No 3º dia do Seminário Empreender 2016, realizado neste domingo, 4, no Shopping RioMar, o público conferiu de perto a palestra “Customização e decoração de festas infantis”, com a publicitária Priscylla Brasileiro.

Há três anos à frente do Querida Data, blog voltado para mães interessadas em festas para crianças, Priscylla recomenda cautela a quem deseja empreender no segmento. “O mercado está sempre em movimento, cada vez menor e mais exigente. Para você se sobressair, tem que oferecer um serviço de qualidade”.

De acordo com a publicitária, é imprescindível que, antes de “se aventurar” no ramo, o futuro empreendedor tenha coragem e estude, faça cursos sobre o assunto, buscando investir principalmente em setores que garantam boas demandas, como bolos, doces e decoração.

Taciana Moura, 33, técnica em edificações, deu uma pausa no passeio para ouvir sobre o tema, pelo qual tem “muito interesse”. Além de procurar dicas para montar a festa do próprio filho de 3 anos, ela revela a intenção de começar a empreender na área.

“Sou bem perfeccionista e me identifico com esse tipo de negócio. Achei interessante conhecer sobre tendências, novidades e também vejo [o evento] como uma oportunidade de abrir até novos horizontes de negócios nessa área, que é tão crescente”. 

“Menos é mais”

Priscylla também é defensora de que o menos é sempre mais, seja em comemorações de pequeno, médio ou grande porte. “Invista sempre em decorações cada vez mais simples, mais compactas”, sugere.

Atualmente, ela observa que mães vêm preferindo realizar festas dos filhos em casa, acreditando que vão economizar mais. Porém, os gastos podem ser maiores do que o esperado.


“Conheço muitos buffets que estão abrindo as portas para a festa em casa, mas para mim, a festa em casa acaba saindo mais cara e dá muito mais trabalho para a mãe e para o cerimonial”.

Segundo a blogueira, o aluguel de um gerador de energia, por exemplo, custa em média R$ 1 mil. Caso a festa fosse realizada em um buffet, o gasto não existiria.

“O problema é que as mães não querem fazer festa simples em casa, querem festa grande. Menos é mais. Faça o que está dentro de suas condições e com muito amor”.

A 10ª edição do Seminário Empreender segue até o dia 11 de setembro. O evento é gratuito. 

 

 

Compartilhar

Veja também

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

O POVO Online

Participe desta conversa com @opovoonline

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Instagram (API-USER)

Erro: 'data'
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google

O POVO Economia