Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
Seeb 01/09/2016 - 10h35

Bancários decidem nesta quinta-feira, 1, sobre greve

A assembleia será realizada na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará, Centro, às 19 horas
Compartilhar

Nesta quinta-feira, 1º, o Sindicato dos Bancários do Estado do Ceará (Seeb) realiza assembleia para determinar sobre o indicativo de greve a partir do dia 6 de setembro. Entre as reivindicações dos bancários estão o reajuste salarial, com reposição da inflação (9,57%) mais 5% de aumento real; melhores condições de trabalho; vale alimentação;  auxílio-educação; mais contratações de empregados.

Após negociações com o Comando Nacional dos Bancários, a Fenaban propôs reajuste de 6,5% no salário, na PLR e nos auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil. No entanto, segundo a categoria, a proposta não cobre a inflação do período, projetada em 9,57% para agosto deste ano e representa perdas de 2,8% para cada bancário.

A assembleia será realizada na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará, Centro, às 19 horas.

Caso a decisão seja pela greve, os bancários deverão definir na segunda-feira, 5, as ações de paralizações. "A gente chama para apreciar a proposta. Ao rejeitar a proposta, nós damos a reposta de defesa constitucional do trabalhador", explica o presidente do Seeb-CE, Carlos Eduardo Bezerra.

 

Redação O POVO Online

> TAGS: seeb
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

O POVO Online

Participe desta conversa com @opovoonline

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Instagram (API-USER)

Erro: 'data'
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google

O POVO Economia