Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
pesquisa procon 30/06/2016 - 14h41

Preço da cenoura pode variar até 136% em Fortaleza

De acordo os preços coletados, o feijão carioca subiu 70%, liderando a lista dos produtos que dispararam nos preços em relação ao mês anterior
Compartilhar

O Procon Fortaleza divulgou nesta quinta-feira, 30, uma nova pesquisa com preços de alimentos e produtos, realizada em 10 supermercados da Capital, entre os dias 23 e 24 de junho.

Conforme o levantamento mensal, o preço do quilo da cenoura apresenta a maior diferença, podendo variar até 136% entre o supermercado mais caro e o mais barato.

De acordo os preços coletados, o feijão carioca subiu 70%, liderando a lista dos produtos que dispararam nos preços em relação ao mês anterior. Em maio, o alimento era comprado por R$ 6,36 e agora o quilo sai, em média, por R$ 10,87, uma elevação de 70,91%. Porém, a pesquisa do Procon encontrou o quilo custando até R$ 13,90 no supermercado mais caro (Pão de Açúcar da Aldeota).

O leite tipo "C" foi o alimento com menor variação de preço, sendo encontrado de R$ 2,75 a R$ 2,99 no mais caro, ou seja, 8% de diferença.

A pesquisa do Procon revela uma tendência de queda nos preços em legumes, hortaliças e carnes, entre os meses de maio e junho. A cenoura, por exemplo, teve uma redução de 29,28%. Em maio, o quilo custava em média R$ 4,61 e agora, em junho, caiu para R$ 3,26.

Confira a pesquisa completa com alimentos de primeira necessidade e produtos de higiene pessoal, limpeza doméstica e de cuidados infantis no endereço: http://www.fortaleza.ce.gov.br/sites/default/files/relatorio_de_junho_2016.pdf

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, alerta aos consumidores sobre os cuidados que se deve ter ao adquirir um produto em preço promocional. "Muito cuidado com produtos em promoção, pois podem estar próximos da data de vencimento". Ela também explica que se houver divergência entre o preço na prateleira e o preço do caixa, o consumidor deve pagar sempre o menor valor.

Maiores variações


Cenoura 136,95% (R$ 2,49 a R$ 5,90)
Tomate 122,68% (R$ 2,69 a R$ 5,99)
Pimentão 114,09% (R$ 3,69 a R$ 7,90)
Alho 105,02% (R$ 23,90 a R$ 49)
Batata 86,83% (R$ 5,24 a R$ 9,79)

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
edilenyazevedo 30/06/2016 16:38
PRONTO NINGUÉM COME MAIS. ETA BRASIL!!!! AGORA QUERO VER A DILMA FAZER ARRECADAÇÃO PARA UMAS CESTAS BÁSICAS.
1
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

O POVO Online

Participe desta conversa com @opovoonline

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Instagram (API-USER)

Erro: 'data'
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google

O POVO Economia