Conheças nossos combos e pacotes promocionais!

CLIQUE E CONFIRA
aposentadoria 27/06/2016 - 11h59

Veja seis orientações para garantir um futuro confortável

As dicas são do educador financeiro Reinaldo Domingos
Compartilhar


Com a sinalização do Governo de possíveis mudanças nas regras para a aposentadoria, as atenções se voltam para esse tema. Por conta disso, o educador financeiro Reinaldo Domingos elaborou seis orientações para garantir um futuro confortável. Confira:


1) O primeiro passo é estabelecer com quantos anos deseja se aposentar e o valor que sonha usufruir mensalmente nesta fase. Considere os gastos que você provavelmente terá, especialmente os com alimentação, saúde, moradia, transporte e lazer, tendo sempre em mente o estilo de vida que deseja ter neste período.

2)
É importante que tenha consciência de que para obter esse valor todos os meses você precisa ter um investimento que renda (em outras palavras, que lhe gere em juros positivos) uma quantia que equivalha ao dobro do ganho mensal desejado. Ou seja, se deseja ter um ganho mensal de R$ 2.500, precisa ter poupado um valor que renda R$ 5.000 por mês.

3) Conheça os fundos de investimento mais adequados para realizar esse sonho de longo prazo. Os principais são o Tesouro Direto e a Previdência Privada, mas o segundo é mais atraente por oferecer diferentes modalidades de tributação e rendimentos, que devem ser escolhidos de acordo com seu perfil. Atente-se às taxas praticadas e faça a portabilidade de sua Previdência para outro banco quando preferir.

4) Comece a poupar o quanto antes, pois o tempo é um aliado no planejamento da aposentadoria. Afinal, dispondo de mais tempo é possível lançar mão de valores mensais menores. Por exemplo, um jovem com entre 20 e 30 anos pode ter cerca de R$ 1 milhão em 30 anos se poupar R$ 300 por mês. Porém, nessa idade, a prioridade é ter um fundo emergencial caso fique desempregado e depois buscar o sonho da independência financeira.

5) Não deixe de contribuir para o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social), pois mesmo com sua baixa remuneração, a aposentadoria pela Previdência Social é uma fonte de renda da qual todos os brasileiros têm direito. Mesmo aos trabalhadores PJ (pessoa jurídica) é aconselhada a contribuição mensal para garantir que receba essa quantia no futuro.

6) A preocupação com a aposentadoria deve se estender aos cônjuges que não trabalham. É importante contribuir ao INSS em seu nome ou buscar um plano de previdência privada para ele, construindo uma poupança específica para a sua independência financeira no futuro.

Redação O POVO Online

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

O POVO Online

Participe desta conversa com @opovoonline

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Economia

Erro ao renderizar o portlet: Caixa Instagram (API-USER)

Erro: 'data'
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Economia

Powered by Feedburner/Google

O POVO Economia