MODA 24/10/2015 - 10h21

SPFW Inverno 2016: Colcci desfila sem Gisele Bündchen

Na primeira coleção sem a turbulência fashion que é a top, label seguiu com desfile ok e destacou "novo rosto" do seu atual casting de modelos
notícia 0 comentários
fotos: Agência Fotosite/Divulgação

Quem acompanha a Colcci durante as edições do SPFW, certamente sentiu falta de algo: do caminhar inconfundível de Gisele Bündchen na passarela.

Sendo o desfile mais aguardado do último dia da edição de Inverno 2016, encerrada nesta sexta-feira, 23, a marca apresentou coleção inspirada nas formas simples, calmaria e florido da natureza. O desfile? Ganhou aplausos, esteve impecável, porém não contou com o brilho da übermodel, como era de costume há mais de uma década. Gisele deu adeus às passarelas em abril deste ano, desfilando, claro, para sua querida Colcci no SPFW.

Thairine Garcia, de 17 anos, hoje, uma das modelos mais requisitadas da sua geração, foi o nome destacado para ocupar o posto de Gisele, que, apesar de não mais dar o ar d
%u200B%u200B
e sua graça em uma passarela de semana de moda, continua com campanhas publicitárias. É Gisele Bündchen, ainda, o rosto e corpo da Colcci.


Um convite à natureza

Apropriando-se do nature journey, nome dado à coleção, os responsáveis pelo estilo da marca, Adriana Zucco e Jeziel Moraes, incorporaram, de novidade ao Inverno 16, uma alfaiataria clássica trabalhada com texturas e jeans – carro-chefe da Colcci – de tipos diferentes juntos.

Para uma garota urbana, Adriana evidenciou o feminino, com construções elaboradas e um perfume dos anos 70, e o campestre, sinalizado por rendas florais e chamois. Ainda de material, sobressaíram-se rendas, camurças, chambray e sedas.

Já para seu masculino, também com a ideia de uma ligação com o orgânico, percebida pelo mood da cartela de cores, com tons de camelo e vermelho, trouxe uma alfaiataria moderna misturada às referências do sportwear (um fresh às peças).



Confira imagens de alguns dos looks de Colcci para o SPFW Inverno 2016


Destaques

Completaram o line-up da noite as marcas Wagner Kallieno, a estreante Ratier e Amapô, última a desfilar no encerramento do SPFW Inverno 2016, que, após seis dias de intensa atividade nas passarelas, concluiu sua 40ª edição do evento, com o tema "Do princípio ao início". A Amapô Jeans levantou o astral com uma coleção de cores fortes – abusou do "vermelho sangue" -, para expressar “grito” por uma moda libertadora, de padrões, de identidade de gênero.

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Divirta-se

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Divirta-se

Powered by Feedburner/Google