11/02/2013 - 15h34

Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro comemora 50 anos em Várzea Alegre

Foto: Rodrigo Patrocínio
E.S.U.R.D comemora meio século de muito samba e encantamento nas ruas de Várzea Alegre
Compartilhar

O Carnaval de 2013 no município de Várzea Alegre, a 446,1 km de Fortaleza, tem como destaque uma aniversariante para lá de especial: a Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro, que completa 50 anos de existência neste ano. No último domingo (10), máscaras e fantasias invadiram as ruas varzealegrenses. Com integrantes de todas as idades, a E.U.R.D levou a moradores e turistas um resumo de sua história. E a festa promete continuar até o último suspiro dos quatro dias de festa na região. 

Criada em 1963, a escola nasceu de uma grande festa promovida por agricultores da comunidade do Roçado de Dentro, localizada a aproximadamente 3 km de Várzea Alegre. Naquele ano, as famílias Souza e Menezes prepararam comemoração vistosa para celebrar o inverno abençoado. Homens, mulheres e crianças saíram da região rural rumo ao centro varzealegrense, cobertos por fantasias e com as caras pintadas. Surgia aí o Bloco do Roçado de Dentro. Com o tempo muita coisa mudou, inclusive o nome do grupo. Os invernos nem sempre foram motivo para comemoração. Porém, a animação e encantamento no Carnaval passou a ser função exercida pela Unidos do Roçado de Dentro em Várzea Alegre. Seja com chuva ou sol escaldante. Durante meio século, a festa foi mantida fielmente por moradores do Roçado de Dentro, varzealegrenses e até integrantes que moram em outras regiões do Estado.

O desfile

Quase 20 horas de domingo. As calçadas de Várzea Alegre já estavam tomadas por gente ansiosa pelo desfile da E.S.U.R.D. As senhoras de idade em suas cadeiras de balanço em frente ao portão de casa, a meninada correndo de lá para cá na ladeira asfaltada, foliões na molecagem e famílias reunidas descansado do jantar. Todos olhando para a rua vazia, cercada por seguranças e cordões de apoio. Até que, da última curva da via, surgia a linha de frente da quinquagenária. Em pouco mais de uma hora, o desfile se deslocou pela cidade. 

Cada fragmento da equipe mostrava um pedaço da história da Unidos do Roçado, todos embalados pelo samba enredo de aniversário. "Vamos sorrir, vamos cantar, vamos celebrar...". E nem as falhas no sistema de som tiraram animação daqueles que mostravam samba no pé pela rua principal da cidade. Na falta da música amplificada, tudo à capela. O problema durou cerca de dez minutos, mas foi completamente abafado pelas palmas e gritos de apoio dos moradores, que entraram na festa desde a primeira batida dos tambores. Quando a voz-guia retornou com a canção, verdadeiro coro a apoiava e abrilhantava a festa.

O momento final do desfile aconteceu no Parque Cívico São Raimundo Nonato. Antes dos shows da noite de domingo, coordenadores da escola de samba foram ao palco principal do Carnaval de Várzea Alegre e agradeceram a presença massiva do público. Sinal de que os 50 anos carnavalescos deixaram marca na memória de muitos filhos da terra.

Quem fez parte, sempre volta ao Roçado

Enquanto muitos jovens debutavam no desfile da Unidos do Roçado de Dentro, integrantes da chamada "velha guarda" não escondiam a emoção de cair no samba neste ano especial. Senhores e senhoras que cresceram junto com o Carnaval Rural ganharam destaque na apresentação de 2013. E não deixaram devendo na disposição e garra na hora da 50ª exibição da escola. Antonio Sabino Silva, 56, é metalúrgico aposentado. Há mais de 20 anos mora na cidade de São Bernardo do Campo, interior de São Paulo. Construiu família por lá e vive "muito bem, obrigado". Mas não tem quem o afaste dos carnavais realizados na sua terra natal, Várzea Alegre.

Desde pequeno, Seu Sabino corria pelas ruas do município atrás do modesto carro alegórico da E.S.U.R.D. Cresceu, fez parte da bateria, sambou um bocado, e hoje retorna aos desfiles para integrar a ala veterana. "Sempre venho à Várzea Alegre, não posso passar mais de dois anos longe da minha cidade. Ainda mais pela tradição da Unidos do Roçado de Dentro. Todo mundo que se envolve na festa da escola, nunca mais deixa o ofício. E esse ano é mais do que especial. São 50 anos de uma história muito bonita e que reúne muitas gerações", falou o senhor, figuraça, vestido de uniforme militar e acompanhado por sua trupe de cinquentões.

Data especial também para Daise Diniz, que apenas sorriu e não respondeu sobre a idade. Apenas garantiu com muito orgulho: "a Unidos do Roçado tem 50 anos, e eu desfilo há 50 anos! Desde o primeiro". Para ela, mais do que escola de samba, o evento virou uma festa para enaltecer a cultura do povo que vive na região rural. "É uma realização de todos. Lutamos muito para manter a tradição. E vemos o resultado quando toda essa gente - veteranos, crianças, famílias- se juntam a nós e fazem a festa com gosto e vontade".

A festa continua 

Na terça-feira (12), a Unidos do Roçado de Dentro volta ao Carnaval de Várzea Alegre. Desta vez, sem o desfile, os integrantes organizarão bloco para fechar com chave de ouro a festança que repercutiu em 2013. Sem deixar, claro, de manter, em alto e bom som, o samba enredo na ponta da língua.

Além da  E.S.U.R.D, desfilam em Várzea Alegre também as escolas de samba Mocidade Independente do Sanharol e Sanharol Mirim. 

André Victor Rodrigues andrevictor@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse