Arte 10/05/2016 - 15h50

Conheça os dez museus de referência mundial em projetos arquitetônicos

O Museu Oscar Niemeyer, localizado em Curitiba, é um dos destaques.
notícia 0 comentários
AFP
Espaço coberto do Museu Britânico em Londres

Os livros não são os únicos responsáveis por contar a história da humanidade. Os projetos arquitetônicos também falam muito sobre os modos de vida e as culturas, assim como obras de arte. Os museus reúnem em um só tempo os dois elementos - forma e conteúdo. Vide os dez museus espalhados pelo mundo que listamos a seguir.
 
Museu Guggenheim – Espanha
A arquitetura do museu Guggenheim, localizado na cidade espanhola de Bilbao, causa um impacto visual. Projetado pelo arquiteto canadense Frank Gehry, o prédio tem o formato de um navio e é revestido de titânio, semelhante a escamas de peixes. Segundo o blog Arquitetura em vista, do engenheiro químico Radames Manosso, a ideia de Frank é que o museu brilhe com a iluminação do sol ou noturna.
 
Museu Oscar Niemeyer – Brasil
 
 
 
Conhecido como “Museu do Olho” pelos curitibanos, é considerado um dos maiores e mais modernos museus da América Latina. O prédio foi projetado pelo arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, falecido em 2012, e abriga obras de arte internacionais e obras de arte do próprio arquiteto. O equipamento foi inaugurado em 2002, quando o brasileiro tinha 95 anos.
 
Museu d´Orsay  - França
O prédio foi inaugurado em 1986, situado na margem do rio Sena, em Paris. Antes da fundação do museu, o local funcionava como um hotel e uma estação de trem. O Museu d´Orsay usufrui da arquitetura original, na qual é aproveitada a luz natural que entra através do teto de vidro. Obras do fim do século 19 e início do século 20 são abrigadas no equipamento. A coleção tem o maior acervo de obras impressionistas e pós-impressionistas do mundo.
 
Museu Britânico – Grã-Bretanha 
Projetado pelo arquiteto Robert Smirke, o Museu Britânico foi inaugurado em 1852 na cidade de Londres. O estilo neoclássico do prédio impressiona com suas pilastras inspirada na arquitetura da Grécia Antiga. Um pátio interno com um teto de vidro foi criado, em 2000, pelo escritório de arquitetura Foster na Parters, sendo o maior espaço coberto da Europa. 
 
 
Museu Real de Ontário – Canadá
O museu de história natural, arte e cultura possui uma coleção de mais de seis milhões de peças. Localizado na cidade de Toronto, a entrada do museu foi repaginada em 2007 pelo arquiteto polonês Daniel Libeskind, na qual construiu uma complexa estrutura geométrica feita de vidro e alumínio. Mesmo com o design moderno, o edifício já foi considerado como um dos mais feios do mundo.
 
Museu Soumaya – México
O museu, localizado na Cidade do México, foi inaugurado em 1994. O prédio de seis andares foi projetado pelo arquiteto mexicano Fernando Romero e possui um revestimento de 16 mil ladrinhos hexagonais de alumínio. O edifício abriga o maior acervo do escultor francês Auguste Rodin fora do seu país de origem e obras do México e da Europa. Em 2011, foi inaugurado o anexo do equipamento.
 
Museu Hermitage – Rússia
Inaugurado pela imperatriz Catarina II, em 1764, Hermitage é um dos maiores e mais antigos museus do mundo e abriga mais de 3 milhões de obras de arte e cultura. O equipamento, localizado em São Petersburgo, está sob administração do Estado e é formado por vários edifícios, sendo o mais conhecido o Palácio de Inverno, que foi a antiga residência dos czares. A estrutura do museu adota um estilo barroco e foi desenhada por Francesco Bartolomeo Rastrelli.
 
Museu da Arte Islãmica – Catar
 
 
Projetado pelo arquiteto norte-americano I. M. Pei, o museu de cinco andares é todo feito de concreto e foi construído de frente ao mar. Para a inspiração da criação do museu, Pei viajou para vários países árabes para conhecer os principais traços da cultura. O prédio abriga uma coleção de arte islâmica de 1,4 mil anos.
 
Complexo de Museus do Vaticano – Vaticano
O conjunto de museus da Cidade do Vaticano foram inaugurados pelo papa Júlio durante o século 16. Com 52 galerias, é considerado um dos maiores museus do mundo. O museu reúne obras de Rafel, Ticiano, Caravaggio dentre do conjunto de esculturas e pinturas religiosas. Em um dos museus, há o famoso teto pintado por Michelângelo e paredes das capelas pelos artistas como Perugino e Botticelli.
 
Museu Nacional de Arte – Japão
A atual arquitetura do museu substituiu o edifício original, inaugurado na década de 1970. A nova estrutura foi pensada pelo arquiteto argentino César Pelli. Mais da metade do prédio fica no subsolo, sendo apenas o hall de entrada no térreo. A entrada de aço e vidro entrelaçados, que lembram hastes de bambu, impressiona os visitantes.
 
Redação O POVO Online 

Veja também

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

repórter entre linhas

Anterior 1 Próxima

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Divirta-se

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Divirta-se

Powered by Feedburner/Google