"why the horse?" 01/04/2016 - 15h25

Maria Alice Vergueiro abre festival Palco Giratório em Fortaleza

O Palco Giratório mantém a crença de difundir a diversidade cultural e movimentar a cena artística brasileira. "Why the Horse?", que abre as apresentações em Fortaleza, terá acessibilidade em Libras em suas duas sessões
notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18987, 'email': 'amandaaraujo@opovo.com.br', 'nome': 'Amanda Ara\xfajo'}
Amanda Araújo amandaaraujo@opovo.com.br
fábio lima/o povo
Com mais de 50 anos de palco, Maria Alice viajará pelo país com o espetáculo "Why The Horse?"

A 19ª edição do projeto Palco Giratório, do Sesc, chega a Fortaleza neste fim de semana. Até o fim do mês, 20 grupos das cinco regiões do Ceará apresentam-se nos teatros Sesc Emiliano Queiroz e Sesc Iracema, além das exibições gratuitas nas unidades da Rede Cuca e praças públicas da capital. A abertura será na noite desta sexta-feira, 1º, com o espetáculo ''Why The Horse?'', encenado pelo Pândega de Teatro e dirigido pela atriz Maria Alice Vergueiro. Às 21h30min haverá show da cantora Marta Aurélia.

Em sua segunda passagem por Fortaleza, a atriz Maria Alice Vergueiro, 81 anos, afirma que a apresentação é uma oportunidade de entender melhor o nordeste. Mais conhecida pelo curta-metragem “Tapa na Pantera”, ela versa sobre a morte em “Why The Horse?” e interpreta seu próprio velório. “É interessante falar sobre a morte, sobretudo porque eu sei que existe uma diferença na maneira como ela é aceita. A morte é um susto!”, confidencia.

 

+ Confira a programação completa do Palco Giratório em Fortaleza

Criado em 1998, o Palco Giratório mantém a crença de difundir a diversidade cultural e movimentar a cena artística brasileira. "O Ceará tem sido protagonista e corajoso ao trazer temas polêmicos como a morte. O Palco tem uma missão coletiva", explica a gerente do departamento nacional do Sesc, Márcia Rodrigues.

Único grupo cearense a viajar pelo país com o Palco Giratório, o Teatro Máquina traz um repertório de cinco trabalhos realizados por seis atores fixos, três atores convidados, além de técnicos de luz e som. ''A gente já fez muita coisa de circulação, mas nada desse porte. Ao todo, teremos 36 apresentações, fora oficinas e o Pensamento Giratório. É uma experiência absolutamente nova, nos fortalece”, conta a diretora do grupo, Fran Teixeira.

O "Pensamento Giratório", mediado por Fran, está marcado para às 15 horas deste sábado, 2, no Sesc Iracema. A ideia é tratar da poética e legado da atriz Maria Alice Vergueiro. "O que entendemos por tradição? O velho que já não serve, que está fadado ao esquecimento?", diz um dos motes do diálogo.

A atriz Caroline Splendore Cameron, que participa de “Why The Horse?”, destacou que a característica precursora de Maria Alice em temas ditos tabus contribuiu para a construção da peça. "Ela sempre teve um olhar de presença muito aguçado e portanto se tornou uma espécie de vanguarda. A potência artística fica muito mais forte, a proximidade da morte com algumas fragilidades de saúde fazem com que a agente embarque com mais força no processo. Não só isso, mas a qualidade das nossas relações, os encontros geracionais, Why The Horse? passa por tudo isso", frisa.

"Why the Horse?" terá  acessibilidade em Libras em suas duas sessões e, conforme o Sesc, outras cinco apresentações contarão com o recurso. Além disso, algumas peças terão  audiodescrição para os portadores de deficiência visual. Ao todo, o Palco Giratório tem 43 ações programadas em Fortaleza, sendo três oficinas, três workshops e 37 apresentações teatrais.

“O Palco é um elemento importantíssimo para que a gente democratize os palcos,  incentive as artes, os grupos mais jovens. E colabora muito nessa filosofia que o Sesc tem de enxergar de todas as formas, das formas mais diversas, o mundo e a sociedade”, completa a diretora regional do Sesc Ceará, Regina Leitão.

A primeira oficina será realizada na próxima quarta-feira, 13, às 9 horas, no Teatro Sesc Emilino Queiroz. As duas aulas de Teatro Gestual e Teatro de Animação serão ministradas pela Cia. Les Trois Cles, do Rio de Janeiro.

SERVIÇO
Palco Giratório 2016
Quando: 1º a 30 de abril, a partir das 16horas.
Onde: Teatro Sesc Emiliano Queiroz (Av. Duque de Caxias, 1701 - Centro), Teatro Sesc Iracema (Rua Boris, 90 – Praia de Iracema), Cuca Mondubim (Rua Santa Marlúcia, s/n - Mondubim), Cuca Jangurussu (Av. Castelo Castro com Av. Contorno Leste - Jangurussu), Cuca Barra (Av. Pres. Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará), Praça Luiza Távora, Praça do Ferreira e Praça da Gentilândia.
Quanto: entre gratuito e R$ 10.

Mais informações: http://www.sesc.com.br/portal/site/palcogiratorio/2016/

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Divirta-se

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Divirta-se

Powered by Feedburner/Google

Mais comentadas

anterior

próxima