Esclarecimentos 02/03/2016 - 09h04

Sam Smith se defende após discurso na cerimônia do Oscar

"Meu ponto era botar alguma luz na comunidade LGBT que eu amo carinhosamente", escreveu Smith sobre o seu discurso durante a premiação
notícia 0 comentários
Reprodução / Twitter
O cantor britânico utilizou o Twitter para se desculpar com Dustin Lance Black

Falas polêmicas e saias justas marcaram a noite do Oscar 2016. A repercussão do discurso de Sam Smith é exemplo disto. O cantor britânico utilizou o Twitter, nesta segunda-feira, 29, para rebater os comentários de Dustin Lance Black, roteirista de "Milk: a voz da igualdade", que criticou o seu discurso na premiação.

"Com tanta ressaca. Sinceramente parece um sonho. Segundo homem abertamente gay a ganhar o Oscar ou terceiro, ou quarto, ou centésimo. Esse não era meu ponto. Meu ponto era botar alguma luz na comunidade LGBT que eu amo carinhosamente", escreveu Sam na rede social.

O cantor ainda acrescentou: "Pode ter certeza que eu vou conferir seus filmes agora. Parabéns atrasado por seu Oscar".

Sam usou um artigo como referência onde dizia que nenhum homem abertamente gay tinha ganhado o prêmio antes dele. Contudo, Dustin é gay e já foi vencedor em uma edição anterior.

Reprodução / Facebook
Dustin Lance Black, roteirista, é gay e já havia ganhado o Oscar anteriormente
 

Em resposta ao pronunciamento de Sam, Dustin escreveu no Twitter: "Saber nossa história LGBT é importante. Nós nos apoiamos em inúmeros homens e mulheres corajosas que pavimentaram nosso caminho."

Discurso
Ao receber o seu primeiro Oscar neste domingo, 28, com a música "Writing's on the wall" na categoria de melhor canção original, Sam ofereceu a estatueta a comunidade LGBT por acreditar ser o primeiro gay assumido a ganhar o Oscar.

"Li um artigo de Ian McKellen dizendo que nenhum homem abertamente gay já ganhou um Oscar. Se este for o caso, mesmo que não seja, eu gostaria de dedicar este prêmio à comunidade LGBT", disse o cantor ao ganhar a estatueta.

Assédio
O roteirista também alegou que Sam Smith assediava seu noivo, o atleta britânico de salto Tom Daley. Dustin pediu que o cantor parasse de mandar mensagens para Tom. "Ei Sam Smith, se você não faz ideia de quem eu sou, talvez seja hora de parar de mandar mensagens para o meu noivo", escreveu Dustin.

Sam não se pronunciou sobre as acusações a respeito do companherio do roteirista.

Reprodução / Instagram
Tom Daley e Dustin Lance Black
 

Redação O POVO Online

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

repórter entre linhas

Anterior 1 Próxima

TV O POVO

Confira a programação play

anterior

próxima

Divirta-se

  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

São utilidades para enriquecer seu site ou blog por meio de códigos (Tags ou Scripts) que ajudam sua página a ser ainda mais informativa

Escolha o Widget do seu interesse

Newsletter

Receba as notícias do Canal Divirta-se

Powered by Feedburner/Google